Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Aranha gigante mata e devora gambá; Vídeo e fotos aterrorizantes

Uma atanha gigante matou e devorou um gambá. O caso aconteceu no sul da Tasmânia, na Austrália e foi registrada pela moradora Justine Latton que tirou e compartilhou várias fotos.

Compartilhe

Uma atanha gigante matou e devorou um gambá. O caso aconteceu no sul da Tasmânia, na Austrália e foi registrada pela moradora Justine Latton que tirou e compartilhou várias fotos. Ela capturou as imagens em um alojamento no Mount Field National Park, na Tasmânia, enquanto fazia trabalhos de reparo de luz, disse Latton. 

O fato ocorreu no ano passado (2019), mas somente agora se tornou viral nas redes sociais. 

A aranha é conhecida como aranha-caranguejo gigante, da família Sparassidae, a aranha Huntsman que significa caçador, é conhecida por seu grande porte podendo chegar a medir até 30,4 centímetros de comprimento e mesmo não representando uma ameaça ao ser humano

Veja também

ver mais de "aranha"

A aranha é conhecida como aranha-caranguejo gigante, da família Sparassidae, a aranha Huntsman que significa caçador, é conhecida por seu grande porte podendo chegar a medir até 30,4 centímetros de comprimento e mesmo não representando uma ameaça ao ser humano é difícil não se assustar ao se deparar com este grande aracnídeo.

Uma aranha caçadora devora sua refeição, gambá pigmeu em uma porta na Tasmânia, Austrália.

Na foto, a Huntsman se pendura a cabeça de uma dobradiça de porta e agarra a sua presa pelo pescoço. O marsupial morto – que parece ser um gambá pigmeu.

As presas comuns das aranhas caçadoras incluem muitos tipos de insetos, répteis e até outras aranhas. Mas não deve ser surpresa que pequenos mamíferos também estejam ocasionalmente no menu. Sabe-se que numerosas espécies de aranhas em todo o mundo comem morcegos, e os pesquisadores recentemente registraram a primeira evidência de aranhas tropicais atacando gambás de ratos, na Amazônia peruana.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar