Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Conheça Mako, o Pit Bull que acredita ser um gato

Mako tem que tornado famoso na internet por suas ações inusitadas para um cachorro

Compartilhe

Cachorros e gatos são conhecidos na cultura popular como sendo grandes inimigos, mas o que acontece quando um deles acredita pertencer ao grupo do seu arquirrival? Esse é o caso de Mako, um lindo pitbull da cidade de Clemson, nos Estados Unidos, que acredita a todo custo ser um felino. As informações são do Mega Curioso.

Com mais de 20 mil seguidores nas redes sociais, o cachorrinho de dois anos de idade costuma aparecer nos vídeos e fotografias em diversas situações inusitadas — aparentemente tem alguém que gosta de subir em cima da geladeira de suas donas.


A nova família do Pit Bull

De acordo com as donas de Mako, Bethany e Samantha Catiller, existia a dúvida se o cachorro iria se adaptar ao seu novo lar, pois as mulheres já possuíam dois gatos. Entretanto, o resultado foi muito melhor do que o esperado.

"Nós queríamos manter os gatos separados em uma parte da nossa casa para introduzi-los aos poucos ao nosso novo cão", disse Bethany ao portal Bored Panda. "Então, ele (Mako) começou a pular em cima das mesas e pela casa toda, no que nós acreditávamos ser apenas um sinal de felicidade e muita energia", completou.


O Pit Bull se mostrou não só estar acostumado a viver entre os bichanos, mas também agia exatamente como eles. Depois de algum tempo, o animal desenvolveu fortes laços com seus novos amigos e passaram a aprontar por todos os cantos do ambiente. 

Passado com outros gatos?

Por se tratar de um cachorro resgatado de um canil, Bethany e Samantha acreditam que Mako já devia ter crescido com outros gatos em sua antiga casa. Segundo as moças, ele demonstrava querer estar por perto dos bichanos o tempo todo e, inclusive, imitava seus movimentos ao redor do lar.


Elas descreveram a adoção do cachorro como "amor a primeira vista". Bastou apenas um olhar de Mako para suas futuras donas se apaixonarem. "Na época, ele parecia ser um daqueles bonecos bobblehead, porque a sua cabeça era muito maior que seu corpo e nós achamos isso simplesmente adorável", explicou Bethany.

A fofura do "cãozinho" segue conquistando uma legião de fãs no Instagram, que seguem atentos por novos conteúdos divertidíssimos do animal que aparenta estar mais feliz do que nunca junto a sua nova família!


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar