PI: Réu não vai e 1º júri popular de morte no trânsito é cancelado

A falta do acusado e de sua advogada revoltou a população.

Estava marcado para a manhã desta terça-feira (14/11), o julgamento de locutor de rádio Ivan Carlos Carvalho Panichi, acusado de atropelar e matar o garçom João Antönio dos Santos, que era conhecido como João Fidelis, de 68 anos. O caso aconteceu no ano de 2010, na BR-343, município de Piripiri. No entanto, o primeiro homicídio no trânsito que iria a júri popular não aconteceu. 

De acordo com o filho da vítima Georliton Alves, o cancelamento do júri deixou toda a população da cidade revoltada.  “O que aconteceu deixou a gente indignado, estarrecido. Estava marcado o júri para hoje, mas eu não sei que poder os advogados de defesa dele têm para conseguir fazer o que fizeram. Até ontem meia noite ele tinha três advogados habilitados e hoje de manhã eu não sei porque esses advogados amanheceram desabilitados e com uma outra advogada habilitada no caso. O problema é que ela alegou que estava doente e não podia comparecer ao júri”, detalhou.

“E outro problema: O Ivan Carlos não apareceu, não tinha condições de ter o júri porque ele não foi e advogada também não foi. O juiz não acatou e foi pedido de imediato a prisão dele porque lá atras quando ele ficou 34 dias preso ele conseguiu depois do terceiro habeas corpus sua soltura mas com a condição de comparecer a todas as audiências inclusive o júri que ia acontecer hoje. O júri foi cancelado e remarcado para quarta-feira da semana que vem às 08h30, porém agora ele vai vir preso, pode até ser que ele consiga um habeas corpus, mas pedimos alerta para esse caso. Os advogados dele estão fazendo chacota com a nossa Justiça, não é possível uma cidade que todo mundo estava a espera desse júri popular e não ter simplesmente porque a advogada adoeceu. Agora estamos sofrendo mais uma vez, mas é esperar, Deus está com a gente, ele vai ser condenado pelo crime que cometeu, ele bebeu e matou meu pai”, finalizou.

Família pede Justiça pelo caso (Crédito: Reprodução )
Família pede Justiça pelo caso (Crédito: Reprodução )
João Fidelis foi atropelado e morto  (Crédito: Reprodução )
João Fidelis foi atropelado e morto (Crédito: Reprodução )


logomarca do portal meionorte..com