Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Campeã do carnaval de SP, Mancha Verde agradece ao 'pé-quente' Felipão

Clube postou foto parabenizando escola campeã.

Campeã do carnaval de SP, Mancha Verde agradece ao "pé-quente" Felipão
| Celso Tavares/G1
Compartilhe
Google Whatsapp

Campeã pela primeira vez do carnaval de São Paulo, a escola de samba Mancha Verde teve um torcedor ilustre durante o seu desfile no Sambódromo do Anhembi: o técnico do Palmeiras Luiz Felipe Scolari.

“É sempre bom estar ao lado de vencedores”, disse Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, sobre o Felipão estar no Verdão e na mesma época a escola de samba ser campeã do carnaval.

Felipão estava em um camarote de uma faculdade que patrocina o time alviverde acompanhado do presidente do clube, Maurício Gagliotti, e do preparador de goleiros Carlos Pracidelli. O técnico do penta foi muito assediado por torcedores e integrantes das escolas que o reconheceram. Ele não quis dar entrevista.

Crédito: Ardilhes Moreira/G1

Felipão e os jogadores do Palmeiras estão na Colômbia, onde disputam nesta quarta-feira (6) um jogo pela Libertadores contra o Junior Barranquila. O clube postou uma foto de Felipão e os atletas parabenizando a Mancha Verde pela conquista:


A Mancha Verde levou o troféu com desfile sobre a princesa africana Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares, e discutiu escravidão, direitos de negros e mulheres e intolerância religiosa na avenida.

"Eu tenho muito orgulho de fazer parte da Mancha. Atribuição [da vitória] é para todos nós. E graças a Deus o presidente [Paulo Serdan] teve cabeça fria e trouxe o Jorge Freitas [carnavalesco da escola]. Parabéns, Jorge!", comemorou o vice-presidente da escola, Rogério Carneiro.

Em seu primeiro ano na Mancha Verde, após títulos na Gaviões da Fiel, na Rosas de Ouro e na Império de Casa Verde, o carnavalesco Jorge Freitas trabalhou com a ideia de enredo dada pelo presidente da escola, Paulo Serdan.

"Fizemos uma grande contratação, que foi o Jorge de Freitas", disse Serdan. "Conversamos com ele há um tempo, mas a gente não tinha condição de dar a qualidade de ele desenvolver o trabalho. E esse ano deu. O Jorge vale cada centavo que a gente paga por ele. Só vai sair da Mancha o dia que ele quiser."

Crédito: Celso Tavares/G1

Crédito: Celso Tavares/G1


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×