Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Agência Nacional de Saúde abre concurso público para 81 vagas

Cargos são de nível médio/ técnico e superior

Agência Nacional de Saúde  abre concurso público para 81 vagas
Os salários vão de R$ 4.760,18 a R$ 10.019,20 | Reprodução
Compartilhe

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou edital nesta sexta-feira (12) do concurso público para 81 vagas em cargos de nível médio/ técnico e superior. Do total das vagas, 5 são reservadas para pessoas com deficiência. Os salários variam de R$ 4.760,18 a R$ 10.019,20.

As vagas são para as cidades de Belém, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Porto Alegre, Ribeirão Preto (SP), Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Para os cargos de analista administrativo (31) e especialista em regulação da saúde suplementar (26), os candidatos podem ter nível superior em qualquer área. Os salários são, respectivamente, de R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20.

Os postos de nível médio/ técnico são para técnico administrativo (21) e técnico em regulação de saúde suplementar (3). Os salário são, respectivamente, de R$ 4.760,18 e R$ 4.984,98.

As inscrições devem ser feitas das 10h do dia 23 de abril até às 23h59 do dia 13 de maio pelo site www.cespe.unb.br/concursos/ans_13. A taxa é de R$ 100 para especialista em regulação de saúde suplementar, R$ 95 para analista administrativo, R$ 85 para técnico em regulação de saúde suplementar e R$ 80 para técnico administrativo.

Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, de conhecimentos básicos e específicos, e discursivas. Ainda haverá avaliação de títulos para os cargos de analista administrativo e especialista em regulação da saúde suplementar. Também será aplicado curso de formação, no Rio de Janeiro, para o cargo de especialista em regulação da saúde suplementar.

As provas objetivas, a prova discursiva, a avaliação de títulos e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas nas 27 capitais das Unidades da Federação.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 14 de julho, no turno da manhã para os cargos de nível superior e no período da tarde para os cargos de nível médio. O exame terá 4h30 de duração.

Na data provável de 20 de junho será publicado no Diário Oficial da União edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

O prazo de validade do concurso será de 1 ano, podendo ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar