Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Silas Freire comemora novas convocações de aprovados da Eletrobrás

São quatro aprovados chamados para apresentação de documentos

Silas Freire comemora novas convocações de aprovados da Eletrobrás
Silas Freire | Reprodução

A Eletrobrás Piauí convocou candidatos aprovados no concurso público realizado em 2014 para o cargo de suporte administrativo. São quatro aprovados chamados para apresentação de documentos e realização de exames. Este certame é o mesmo que o deputado federal Silas Freire (PR-PI) fez duras críticas desde as suas primeiras atuações como deputado.

Após solicitar que a empresa recebesse multa diária e após requerer que o Ministério Público do Trabalho- MPT requisitasse a prisão do Diretor Presidente da Companhia Energética do Piauí, Marcelino Fonteles, caso os terceirizados irregulares não fossem substituídos pelos candidatos aprovados, o parlamentar continuou cobrando e acompanhando o caso. O Ministério das Minas e Energia foi acionado pelo deputado, além do MPT.

“Por inúmeras vezes, a Eletrobrás foi notificada e vários prazos acordados, mas a empresa sempre usou de manobras para adiar a convocação, até que em setembro as convocações foram retomadas, a maioria para o cargo de leiturista. Agora em 2016 novas convocações saíram, mas é importante destacar a necessidade que houve dos candidatos convocados de  ingressar com ação na Justiça para terem seu direito efetivado.” explica Rubenita Lessa, assessora jurídica do deputado Silas Freire.

Já o parlamentar comemora a convocação, mas ainda não se dá por satisfeito “Esta é mais uma vitória da nossa luta para que os concursados assumam os postos a que tem direito, mas eu não estou satisfeito. Só descansarei até que todos os aprovados sejam nomeados. Os aprovados empregaram seu tempo e dedicação para conseguirem aprovação no concurso, mas vivem um verdadeiro martírio para assumirem os cargos, o que é um absurdo ” declarou o deputado que também havia atentado para o fato de a empresa estar realizando um novo concurso para cargos que já existem aprovados do concurso em aberto.

Diante desse caso e de mais outros que se repetem em todo o Brasil, Silas Freire apresentou um projeto de lei (PL 2077/2015) na qual dispões sobre a nomeação de candidato aprovado em concurso público no âmbito da administração pública federal.

Pela proposta, não pairam dúvidas: o candidato aprovado dentro do número de vagas previsto em edital de concurso público tem direito à nomeação. O projeto ainda prevê a proibição da contratação de pessoal para exercício de funções próprias de cargo público para o qual haja candidato aprovado em concurso público, à espera da nomeação. “Com o nosso PL, vamos impedir que mais casos como os da Eletrobrás se repitam. Burlar o direito de quem estudou para o concurso público e deixar terceirizados nos seus lugares é inadmissível e nós não vamos continuar permitindo que aconteça” concluiu Silas Freire.


Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<