Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Avião com 2 milhões de doses de vacina da Índia chega ao Brasil

Na Fiocruz, as vacinas também serão etiquetadas com informações em português

Compartilhe

O carregamento com dois milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca produzidas no Instituto Serum, na Índia, chegou ao Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira (22), depois que o governo indiano autorizou as exportações comerciais do imunizantes.

As doses chegaram ao estado por volta das 22h em um avião da companhia aérea Azul, responsável por fazer o transporte de São Paulo até o Rio de Janeiro. 

Depois de serem descarregados, os imunizantes serão levados em caminhões escoltados por policiais federais à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), onde os líquidos passarão por análises de segurança – uma exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvis).

SÃO PAULO

O avião da Emirates com 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, vindo da Índia, pousou no aeroporto de Guarulhos (SP) na tarde desta sexta-feira (22).. As vacinas foram produzidas pelo laboratório indiano Serum.

A carga foi recebida pelo ministro da Saúde Eduardo Pazuello, pelo chanceler Ernesto Araújo e pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Segundo Pazuello, a cidade de Manaus terá prioridade na primeira carga de vacinas. "Damos prioridade nesse momento para o estado do Amazonas, principalmente, a capital Manaus que vive uma situação mais crítica no nosso país. E essa prioridade fica evidente a partir de um acordo com os governadores, onde 5% dessa primeira carga ela vai ser destinada aonde está o maior risco do país, que está em Manaus".

Após os trâmites alfandegários, a carga segue em aeronave da empresa Azul ao aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. 

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou o Twitter para agradecer ao primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, pela liberação da exportação das vacinas. "O Brasil sente-se honrado em ter um grande parceiro para superar o obstáculo global. Obrigado por nos auxiliar com as exportações de vacinas da Índia para o Brasil", escreveu o presidente.

Avião com 2 milhões de doses de vacina da Índia chega ao Brasil

A carga era para ter chegado cinco dias atrás, no dia 17, mas a Índia não havia liberado o envio para o Brasil . A Índia havia apenas enviado remessas de vacinas gratuitas a países vizinhos. Agora, liberou as comerciais, e Brasil e Marrocos são os primeiros beneficiados. 

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), os imunizantes estarão prontos para uso no sábado (23) à tarde, após checagem de qualidade e segurança, além de rotulagem e etiquetagem. 

O governo indiano havia suspendido a exportação de doses até iniciar seu próprio programa doméstico de imunização, no fim de semana passado.

No início desta semana, enviou carregamentos gratuitos para países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

O Brasil vinha enfrentando dificuldades para liberar a carga de 2 milhões de doses que comprou do Instituto Serum. Na quarta (20), o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Ernesto Araújo, disse que não havia prazo para receber o carregamento, mas negou que problemas políticos e diplomáticos com a Índia tenham atrasado a entrega.



Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega a São Paulo  


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar