Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Coronavírus: Campanha do GMNC arrecada doações para famílias

Todas as ações e entregas obedecem às recomendações dos órgãos de saúde como o uso de máscaras, luvas e organização para que não haja aglomeração.

Compartilhe

Nesse momento de pandemia, em que todos estão apavorados, um grupo de pessoas amigas parou para perder o seu medo e pensar em outras pessoas que além do pavor e insegurança causados pelo novo coronavírus, estavam passando necessidades. Assim como em várias regiões do mundo, em Teresina centenas de famílias carentes passam pelo isolamento social com muitos apuros. Diante dessa situação, uma série de iniciativas buscam reduzir essas carências, com a arrecadação de recursos, comida e produtos de higiene.

Pensando nisso, o Grupo Meio Norte de Comunicação (GMNC), através de seus diretores e colaboradores, decidiu encabeçar uma campanha voluntária para ajudar famílias carentes da capital piauiense e regiões circunvizinhas. A iniciativa beneficente conta com a adesão solidária de pessoas amigas, de empresários, entidades e a sociedade civil. Através dessa ação já foi possível alcançar até o momento mais de 700 famílias. Com isso, eleva-se o desejo de continuar essa corrente do bem, chegando perto de quem precisa muito.

Agora, o GMNC que tem uma responsabilidade social com a população piauiense, abre a campanha para a todos aqueles que também desejem colaborar com doações. Os materiais arrecadados serão distribuídos para as famílias carentes. Além de alimentos não perecíveis e de produtos de higiene, também serão arrecadadas máscaras, luvas e álcool em gel, a fim de que essas famílias possam se prevenir e evitar a proliferação do novo coronavírus. A contribuição em dinheiro também é aceita. Toda entrega será divulgada para a sociedade como prestação de contas à todos que fizerem sua doação.

Grupo já entregou mais de 1000 cestas básicas

O projeto “Eu quero ajudar”, formando por um grupo de voluntários que busca promover ações filantrópicas em Teresina e outras cidades, foi uma das iniciativas contempladas pelas primeiras doações. A fundadora do projeto, Priscila Jacó, ressalta que em meio à crise sanitária provocada pelo coronavírus, muitas famílias das periferias se encontravam em situações de necessidade e fome, por isso toda ajuda é muito bem-vinda.


Em relação a Pandemia, o grupo voluntário possui duas campanhas em andamento, sendo uma voltada para pessoas em situação de rua, acolhendo essas pessoas com alimentos prontos, itens de higiene pessoal e alimentos que possam ser consumidos nas refeições seguintes. Já a segunda campanha é voltada para famílias de comunidades carentes através da doação de cestas básicas.

"Desde o início da pandemia, o grupo Eu Quero Ajudar já entregou mais de 1000 cestas básicas pela cidade de Teresina, sendo contempladas as famílias do Vale Quem Tem, Vale do Gavião e Santa Maria da Codipi, além de três comunidades de Timon, sendo elas: Marimá, Itaguará e Vila dos Negros, também já estivemos em municípios de Altos, Monsenhor Gil, União e Lagoa Alegre", destacou Priscila Jacó.

Todas as ações e entregas obedecem às recomendações dos órgãos de saúde como o uso de máscaras, luvas e organização para que não haja aglomeração. "Sobre as entregas para as pessoas em situação de rua, elas acontecem toda noite. Já a entrega de cestas básicas para as famílias carentes ocorre praticamente diariamente e são feitas pelos voluntários do Eu Quero Ajudar", acrescentou.

Missão social e fraterna

Na região do bairro Vale Quem Tem, o grupo utilizou a sede da Escola Municipal Casa Meio Norte, para fazer a montagem e distribuição das cestas básicas. A diretora da única escola pública do Piauí com selo da Unesco, Rutinéia Morais Vieira, destacou que recebeu a chegada dos voluntários na escola como uma missão de cumprimento de ação social e fraterna.

"Esse espírito solidário nos trouxe muita gratidão. A alegria estampada no rosto de cada pessoa que recebia a cesta foi muito gratificante e a energia como tudo foi organizado fez muita diferença. Terem escolhido nossa escola como ponto de apoio nos trouxe muita felicidade, porque como somos de tempo integral, nossas crianças estão acostumadas a terem uma alimentação regular e as famílias que nós distribuímos foram exatamente as dessas crianças trazendo uma tranquilidade para comunidade em saber que a escola e nossos parceiros se importam não só com as crianças, mas com toda família", enfatizou Rutinéia.


Esse é um momento difícil, mas muito mais dramático para milhares a quem falta alimento. Ajudar essas famílias, praticando a caridade e solidariedade faz com que se atravesse essa fase tão adversa com mais leveza e fraternidade. Para colaborar com as ações do grupo Eu Quero Ajudar, pode-se doar cestas básicas, material de higiene, material de limpeza, valores ou qualquer outro item.  A quem interessar fazer parte do corpo voluntariado do grupo basta entrar em contato com  através de mensagens privadas, directs, inbox nas redes sociais ou ainda pelo WhatsApp (86) 99957-3741. 

Para a doação de valores:

•    Banco do Brasil

Agência: 1637-3

Conta poupança: 47393-6

Variação: 51

Titular: Priscilla Carolina Medeiros Jacó

•    Caixa Econômica Federal

Agência: 0029

Operação: 013

Conta poupança: 00287791-0

Titular: Francilucia Medeiros Jacó

Observação: Você pode enviar o comprovante de depósito/transferência através do whats app (86)9 9957-3741 e ainda destinar a sua doação para a ação que preferir. 





Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar