Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Firmino Filho anuncia crédito para pequenos empresários de Teresina

Nova linha de crédito auxiliará microempreendedores a adquirirem equipamentos para o novo normal

Compartilhe

Em solenidade virtual realizada na sexta-feira, 10 de julho, o prefeito Firmino Filho lançou o projeto ‘Tecnologia comercial e criativa’, que visa a prestação de consultoria e capacitação gratuita aos pequenos empreendedores, possibilitando ainda a abertura de uma linha de crédito via Banco Popular, com condições especiais. A expectativa é que mais de 1 mil empreendedores sejam beneficiados e possam ter um auxílio na readaptação exigida durante e pós pandemia.

O secretário de administração Raimundo Nonato Moura explicou como se dará o programa, indicando que ele fica restrito aos pequenos empreendimentos que possuem faturamento máximo de R$ 81 mil por ano, sendo disponibilizados R$  10 mil via Banco Popular para compra de equipamentos e capital de giro.

“Um projeto de grande alcance social, econômico, que vai poder auxiliar esses trabalhadores na reinserção deste mercado. O projeto é um auxílio/assessoramento para financiar pequenos empreendedores para a utilização de recursos tecnológicos na divulgação de seus produtos e serviços. A Prefeitura vai gratuitamente oferecer capacitação aos microempreendedores”, explicou.

Covid: Firmino Filho anuncia crédito para pequenos empresários de THE

O secretário ainda explicou as etapas do Programa, destacando uma carência de quatro meses até que os microempreendedores comecem a pagar as parcelas, que serão divididas em até 24 vezes, com juros de 1% ao mês.

“Estamos inicialmente projetando até 1 mil. A Prefeitura vai investir o montante de R$ 1 milhão, podendo até ultrapassar, sem comprometer os projetos atuais do Banco Popular, cada empreendedor pode ser  financiado em até 10 mil, onde 70% são destinados para a aquisição de equipamentos, e 30% de capital de giro; a taxa de juros é de 1% ao mês”, destaca.

Raimundo Nonato Moura reverberou as transformações provocadas pela pandemia do novo coronavírus, e os desafios para os pequenos empreendedores, em um mundo que exigirá cada vez mais a adaptação ao meio tecnológico. “Passa a ter acesso a partir da aprovação da proposta pelo Banco Popular, vai ter 4meses de carência, faturando sem pagar parcelas, só a partir do quinto mês que vai ter o compromisso de pagar essa parcela, em até 24 meses. A pandemia criou uma verdadeira revolução na área de negócios, tudo tem que ser repassado, devemos agir de maneira criativa, planejada, esse é um dos objetivos do projeto”, disse.

O programa contará com a integração de diversas secretarias, inclusive, a de economia solidária, liderada por Ricardo Bandeira, que reafirmou a importância da união entre as pastas para o  sucesso da ação. “Essa junção está sendo muito boa, muito importante, pois cada um fará sua parte para que esse projeto seja muito importante e que consigamos acessar essa meta de 1 mil ou mais pessoas”, apontou.

Por fim, o prefeito Firmino Filho (PSDB) reverberou o novo momento que o Brasil e o mundo vivem, sintetizando que muitos empreendedores não estavam preparados para o e-commerce e agora terão o auxílio do Poder Público para esta fase desafiadora.

“Vivemos um momento em que a pandemia começa a arrefecer e obviamente é necessário começarmos um processo de transição, e é importante pactuar a retomada econômica, vamos marchar para um novo normal, e o que encontraremos não será o mesmo normal que tínhamos em março, dentro da característica dentro desse normal há algumas coisas que não sabemos, mas algumas vão ficando muito claras, podemos perceber o aumento significativo do e-commerce, os produtores não podendo ter mais a presença do cliente no seu estabelecimento. Infelizmente muitos pequenos comerciantes não tinham ferramenta para esse comércio eletrônico, então acredito que esse projeto vem num momento muito bom, onde estamos retomando seguramente as atividades, e num momento onde os pequenos empreendedores precisam do apoio do Poder Público”, comentou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar