Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Governo do Ceará confirma os três primeiros casos de Coronavírus

Universidades anunciaram o cancelamento de eventos, shows foram adiados, e jogos de futebol ocorreram sem a presença de torcedores.

Compartilhe

Mesmo antes dos primeiros casos confirmados de Covid-19 no Ceará, o avanço da pandemia em outros estados brasileiros já repercutia na rotina da população local desde sexta-feira (13), quando o Ministério da Saúde recomendou a suspensão ou adiamento de eventos governamentais, artísticos, científicos ou comerciais com aglomeração de pessoas. Na noite de domingo (15), três casos da doença foram confirmados no Ceará. As informações são do G1.

Seguindo determinação da Justiça Federal, jogos de futebol realizados no fim de semana, em Fortaleza, aconteceram a portas fechadas. As partidas entre Ceará e Sport Clube do Recife, na Arena Castelão, e entre Pacajus e Ferroviário, no Estádio Presidente Vargas, não tiveram presença da torcida.

Crédito: Fábio Teixeira/NurPhoto

Crédito: Camila Lima

Universidades

A Universidade Federal do Ceará (UFC), por meio do Comitê de Gerenciamento de Crise, optou por suspender atividades acadêmicas com mais de 100 participantes. Por conta da decisão, os Encontros Universitários, evento agendado para o mês de abril, tiveram de ser adiados para maio. A instituição também analisa a viabilidade de realizar aulas a distância, gravadas em plataforma digital.

Já a Universidade de Fortaleza anunciou que irá cancelar viagens não essenciais de professores, alunos e servidores técnico-administrativos, dentro do país e para o exterior, até que o panorama se mostre mais seguro. A instituição indica quarentena produtiva de 14 dias para aqueles que tenham retornado de viagens internacionais, ainda que não apresentem sintomas.

Atividades extracurriculares, como aulas inaugurais, cerimônias de entrega de títulos honoríficos, posses e eventos comemorativos, científicos, artísticos e culturais do mês de março também foram cancelados.

Eventos e apresentações

Ainda na sexta-feira (13), foram anunciados os cancelamentos ou adiamentos de apresentações culturais e outros eventos em Fortaleza. O show de Lulu Santos, programado para acontecer no dia 28 de março, na capital cearense, foi adiado. O cantor usou sua conta no Twitter para informar os fãs sobre a decisão, e, segundo ele, uma nova data será anunciada assim que possível.

Crédito: Marcelo Brandt/G1

Já a cantora Mariana Aydar, que se apresentaria na noite de domingo (15) no Cineteatro São Luiz, teve o evento cancelado por recomendação da Secretaria da Saúde do Ceará. Os fãs poderão solicitar o reembolso dos valores pagos nos ingressos.

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura comunicou na tarde de domingo (15) que, também por recomendação da Secretaria da Saúde e como medida preventiva, toda a programação que ocorreria no dia foi cancelada. Todos que compraram ingressos para espetáculos no Teatro Dragão do Mar e no Cinema do Dragão serão reembolsados.

A Caixa Cultural Fortaleza informou, em nota, que vai interromper temporariamente as atividades como medida de prevenção ao coronavírus. Ainda não há previsão de quando o equipamento voltará a funcionar, porém, segundo o comunicado, o retorno das atividades será anunciado.

O show da banda britânica Dire Straits Legacy, previsto para o dia 3 de abril, foi transferido para o dia 25 de setembro, no estacionamento do Shopping RioMar Fortaleza. Os ingressos adquiridos permanecerão válidos para a próxima data, sem necessidade de troca. Para os clientes que optarem pelo cancelamento dos ingressos, os valores pagos serão reembolsados integralmente. O procedimento de reembolso deve ser comunicado em breve pela organização.

Servidores

Membros, servidores e estagiários do Ministério Público do Ceará (MPCE) que regressaram de viagens ao exterior, de locais com transmissão comunitária ou que tiveram contato com infectados pelo vírus serão afastados por 14 dias, ocasião em que os obrigam ao regime de teletrabalho. Cursos e treinamentos presenciais foram temporariamente suspensos.

O órgão anunciou também o reforço na higienização de banheiros, elevadores, corrimãos e maçanetas, assim como a instalação de enquanto dispensadores de álcool em gel nas áreas de circulação e acesso às salas de reuniões e gabinetes.

A Defensoria Pública do Estado do Ceará, por sua vez, divulgou uma Instrução Normativa com medidas para reduzir as possibilidades de transmissão do vírus na Instituição. Entre as determinações, também foi estabelecido o regime de teletrabalho para defensoras e defensores públicos, servidores, colaboradores e estagiários que retornaram de viagem a localidades em que o surto do Covid-19 tenha sido reconhecido.

A medida contempla ainda aqueles que têm 60 anos ou mais, portadores de doença cardíaca ou pulmonar, portadores de doenças tratadas com medicamentos imunodepressores, quimioterápicos ou diabéticos e transplantados.

O regime de teletrabalho é o exercício remoto das atividades funcionais durante o horário de atendimento do órgão. O profissional que estiver em casa deve se manter disponível ao acesso via internet e telefone. Caso o defensor público em regime de teletrabalho seja intimado para a realização de audiências, segundo orientação da Defensoria, deverá requerer ao juízo o adiamento, com exceção dos casos urgentes, como os de réu preso, infância e juventude e custódia.

Além disso, a Defensoria informa que foram suspensos todos os eventos, seminários e palestras pelo prazo de 14 dias, assim como o atendimento nas unidades prisionais, unidades de cumprimento de medidas socioeducativas e unidades de acolhimento.

Casos em investigação no Ceará

O Ceará apresenta 87 casos suspeitos do novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) divulgado na noite deste domingo (15).

O Governo do Ceará anunciou na noite de quinta-feira que liberou R$ 45 milhões para implementar medidas necessárias de controle contra o coronavírus no estado.

As secretarias de Fortaleza e do Ceará ressaltaram que o plano de combate à Covid-19 atualmente tem como foco a vigilância.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar