mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauí: Com 98% de UTIs ocupadas não dá para relaxar, diz médico

Integrante do Comitê de Operações Emergenciais (COE), médico Vinícius Nascimento diz que população não pode relaxar das medidas restritivas

Apesar da tendência de estabilidade no número de novos casos  de Covid-19 e também de óbitos, não é hora para relaxamento, pois a questão das filas de espera por leitos clínicos e de UTI pode variar confome o momento. Até as 11 horas desta sexta-feira, 16, por exemplo, a fila de espra por leitos clínicos na rede municipal em Teresina tinha 25 pacientes e a fila por vaga na UTI tinha 22 pacientes.

Segundo o médico Vinícius Nascimento, integrante do Comitê de Operações Emergenciais (COE), o comportamento da população pode manter a estabilidade da transmissibilidade. Como a fila de espera por leitos cresceu muito, o medo veio junto e a população passa a se isolar, reduz o número de infectados e essa redução de infecção pode provocar a falsa sensação de que está tudo bem. Mas o fato é de que não há espaço para relaxamento. 

Segundo o médico, a situação é preocupante. "Não dá para dizer que está tudo bem quando se tem 98,7% de UTIs ocupadas. Isso é uma loucura, incomoda", afirma o médico, enfatizando que as medidas restritivas devem permanecer. "A flexibilização das medidas é um risco grande e não podemos falar de estabilidade quando todos os leitos de UTIs estão coupados", diz.

Veja também

ver mais de "Covid-19"

Leitos estão lotados. Crédito: Sesapi.Leitos estão lotados. Crédito: Sesapi.

O médico diz que o momento atual é aguardar os impactos trazidos com a parada sanitária da Semana Santa. Os celulares, segundo o medico, o índice de 62% de reclusão conforme relatórios de celulares não dá para garantir se essas pessoas estavam reclusas ou aglomeradas no interior. O reflexo da Semana Santa é sentido agora.

Segundo o médico Vinícius Nascimento, como a vacinação segue a passos lentos, a tendência de aumento é real. Enquanto não há a imunização de rebanho, a situação é de instabilidade e o comportamento social não pode ser negligenciado. O Piauí tem três variantes do vírus e, segundo o médico, as variantes sugem pela quantidade de infecções e caso não haja redução rápida de forma horizontal, há oportunidades de surgir novas mutanções.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail