mais

São Luís anuncia vacinação contra a Covid para adolescentes com 17 anos

Doses serão aplicadas em quem já está cadastrado na plataforma Vacina São Luís. Ao G1, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, afirmou que os jovens devem estar acompanhado dos pais ou responsáveis para receber o imunizante.

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos) anunciou na tarde desta segunda-feira (12), o início da vacinação contra a Covid-19 em adolescentes sem comorbidades na capital maranhense.

As doses serão aplicadas nesta terça-feira (13), em adolescentes de 17 anos que estão cadastrados na plataforma Vacina São Luís. As doses serão aplicadas nos nove pontos de vacinação da capital maranhense.

O prefeito explicou que para receber as doses, os adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis.Adolescentes sem comorbidades são vacinados contra covid em São LuísAdolescentes sem comorbidades são vacinados contra covid em São Luís"São Luís tem avançado bastante na vacinação, por isso, nesta terça, nós já vamos vacinar os adolescentes de 17 anos, que devem estar acompanhados com os pais ou responsáveis. Todos nós temos que superar essa pandemia o mais rápido possível e o caminho, é pela vacina", disse Braide.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informou que até o domingo (11), 89,12% da população adulta já havia sido vacinada com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Antes do anúncio da vacinação para adolescentes, a capital maranhense estava em um esquema de repescagem, convocando aqueles públicos-alvo que ainda não haviam tomado a primeira dose do imunizante.

Até o domingo, a capital maranhense já havia aplicado 780.140 doses de vacinas das 871.316 que foram recebidas pelo município. Destas, 634.791 foram aplicadas em 1ª dose e 145.349 na 2ª dose ou dose única.

Imunização em adolescentes

Em 11 de junho, o Ministério da Saúde (MS) autorizou a vacina da Pfizer/BioNTech ser usada em adolescentes a partir de 12 anos. O imunizante é o único no país que pode ser aplicado em menores de 18 anos.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a ampliação da idade foi aprovada depois de a Pfizer apresentar estudos que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência.

Em 31 de março, a Pfizer e a BioNTech, que desenvolveram a vacina juntas, anunciaram que o imunizante obteve 100% de eficácia em adolescentes com idades entre 12 e 15 anos. O imunizante também está sendo testado, nos Estados Unidos e na Europa, em bebês a partir dos 6 meses de idade e em crianças com 11 anos ou menos.

A vacina já é autorizada para adolescentes de 12 anos ou mais nos Estados Unidos, no Canadá, no Reino Unido e na Europa.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail