Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

A mais nova teoria para a origem da água na Terra

De acordo com um novo estudo, os blocos de construção do planeta podem ter fornecido hidrogênio suficiente para formar oceanos.

Compartilhe

A água da Terra pode ter vindo de meteoritos que estavam presentes no Sistema Solar interno na época em que nosso planeta foi formado, e não de cometas ou asteróides de longo alcance. A conclusão é fruto de pesquisa realizada pela Universidade de Lorraine, na França, publicada recentemente na revista Science.

Os cientistas descobriram que um tipo de meteorito chamado condrito enstatito contém hidrogênio suficiente para fornecer pelo menos três vezes a quantidade de água contida nos oceanos da Terra. Esses objetos são compostos mais ou menos do mesmo material que os planetas do Sistema Solar interno, uma área que se estende de Mercúrio a Marte.

Foundry Co (foto: Pixabay)

“Nossa descoberta mostra que os blocos de construção da Terra podem ter contribuído significativamente para a água da Terra”, disse Laurette Piani, líder do estudo. “O material contendo hidrogênio estava presente no sistema solar interno na época da formação do planeta rochoso, embora as temperaturas fossem muito altas para que a água condensasse.”

Para os pesquisadores, o mais interessante do estudo foi descobrir que os blocos de construção da Terra, antes considerados secos, na verdade continham água. Os condritos enstatitos são raros e constituem apenas cerca de 2% dos meteoritos conhecidos pelos astrônomos.

Pedaço do meteorito Sahara 97096, com cerca de 10 centímetros de comprimento e 0,5% do seu peso em água. (Crédito: L. Piani, Museu de História Natural de Paris).

Mas sua semelhança isotópica com a Terra, de acordo com os cientistas, é o que os torna particularmente interessantes. Isso porque os condritos enstatitas têm isótopos de oxigênio, titânio, cálcio, hidrogênio e nitrogênio semelhantes aos do nosso planeta - e, no estudo de materiais extraterrestres, as abundâncias dos isótopos de um elemento são usadas para diferenciar e identificar de onde os elementos vieram.

“Se os condritos enstatitas fossem efetivamente os blocos de construção de nosso planeta - como fortemente sugerido por suas composições isotópicas semelhantes - este resultado implica que esses tipos de condritos forneceram água suficiente para a Terra para explicar a origem da água da Terra, o que é incrível!” disse Lionel Vacher, co-autor do estudo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar