Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Caixa misteriosa surge novamente em Noronha após um ano

Objeto foi localizado na Praia do Leão. O ICMBio estuda alternativa para recolher o material, que é similar a um fardo de borracha. Caixas foram encontradas em 2019, na ilha e em outras praias do país.

Depois de mais de um ano, um objeto similar a um fardo de borracha voltou a ser encontrado na Praia do Leão, em Fernando de Noronha. O fotógrafo Fábio Borges identificou a caixa misteriosa no domingo (10).

“Essa caixa está na areia, logo que termina a trilha. Eu imagino que deve ser recente, porque acredito que o Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio) deve remover esse objeto”, falou Borges.

O instituto já tem a informação sobre a existência da caixa, que está na área do Parque Nacional Marinho, região de responsabilidade do ICMBio. Os servidores do órgão deram início ao planejamento para remoção da caixa.

Caixa misteriosa (Foto: Fábio Borges)Caixa misteriosa (Foto: Fábio Borges)

“Esse objeto é muito pesado, tem mais de 50 quilos. Nós acreditamos que é muito complicado remover pela trilha. Por isso, demos início ao planejamento para recolher esse fardo por mar. Devemos chegar com uma lancha, retirar da areia e recolher por via marítima até o Porto de Santo Antônio”, informou o chefe substituto do ICMBio em Noronha, Marcos Aurélio da Silva.

Segundo Marcos Aurélio, depois de recolher o material o registro e um relatório serão encaminhados para a direção do instituto, em Brasília.

O objeto vai ser guardado no almoxarifado. Nesse espaço estão outras três caixas do mesmo material, recolhidas em outubro de 2019 nas praias do Leão, Sueste e Atalaia.

Quando os primeiros objetos foram encontrados o coordenador de Pesquisa e Manejo do ICMBio, Ricardo Araújo, afirmou que os objetos eram fardos de borracha e que o material deveria ser de um navio que afundou nos anos 1940.

O material tem as mesmas características dos fardos encontrados em praias do litoral nordestino. Segundo pesquisadores do Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará (UFC), os fardos encontrados em 2019 são de um navio alemão que naufragou no litoral do Nordeste em 1944.




Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<