Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Curandeiro que promovia "exorcismo do coronavírus" morre de Covid-19

O curandeiro infectou ao menos 20 pessoas. Ele testou positivo para Covid-19 em 3 de junho e acabou morrendo

Compartilhe

Um homem que promovia o "exorcismo do coronavírus" ao beijar a mão de doentes morreu de Covid-19, disseram no fim de semana autoridades da cidade de Ratlam (Madhya Pradesh, Índia). O curandeiro infectou ao menos 20 pessoas. Ele testou positivo para Covid-19 em 3 de junho, morrendo no dia seguinte. As informações são do Extra.

Agentes da Saúde entraram em contato com dezenas de pessoas que estiveram como o curandeiro, nas últimas semanas, e realizaram testes, afirmou o "Times of India".

A identidade do homem ainda é um mistério. Algumas fontes o apontam como um sadhu (homem sagrado no hinduísmo) especializado em ioga tântrica. Outras disseram que se tratava de um muçulmano, identificado como Aslam, que se promovia com poderes especiais.

Autoridades indianas já identificaram outros 29 ocultistas envolvidos em "exorcismo do coronavírus" e os colocaram em quarentena. Esses curandeiros geralmente sopram na água que fazem seus seguidores beberem. Isto aumenta a chance de infecção, pois o coronavírus é transmitido principalmente de pessoa para pessoa por meio de pequenas gotículas do nariz ou da boca.

A Índia já registrou 299 mil casos de Covid-19, com 8,5 mil mortes.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar