Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Especialistas explicam como fazer compras seguras via internet

Entenda quais truques podem lhe ajudar ao realizar compras

Compartilhe
Google Whatsapp

Utilizar smartphones para ter maior segurança na hora de realizar suas compras online é a recomendação feita ao consumidor por especialistas do Instituto de Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE), maior organização profissional técnica do mundo dedicada ao avanço da tecnologia em benefício da humanidade alertam os consumidores a tornar as compras mais seguras. Por ano, 68 milhões de brasileiros fazem compras via internet. Em 2020, o comércio eletrônico deverá crescer 18% e movimentar R﹩ 106 bilhões, tornando o Brasil o quinto maior mercado deste segmento, segundo a Associação Brasileira de e-commerce (ABComm). Embora bastante difundido, esse tipo de comércio ainda assusta uma parcela de consumidores, preocupados que seus dados possam ser capturados e manipulados por hackers. 

Reprodução - InternetMembro da IEEE e Professor do Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) Marcos Simplicio explica que, no tocante à segurança, os maiores temores do consumidor referem-se às formas de pagamento, principalmente por cartão de crédito. Por isso, ele aconselha que a compra seja realizada em portal que tenha páginas com certificação digital. "Essas páginas são sinalizadas em geral com cadeado fechado e começam como endereço https. O "S" significa que a segurança da página é criptografada", informa. As compras devem ser feitas em sites seguros de empresas conhecidas e com mecanismos seguros de pagamento, sugere Raul Colcher, membro sênior do IEEE, sócio e presidente da Questera Consultings. 

Marcos Simplício afirma que se o consumidor quiser ter mais segurança na hora de realizar suas compras deve utilizar os smartphones. "Eles estão menos sujeitos a malwares que os computadores", analisa. E, se a aquisição puder ser feita por meio do aplicativo da loja, torna-se mais segura. De acordo com a ABComm, 37% das aquisições feitas por comércio eletrônico são realizadas por meio de celulares. 

O professor Marcelo Zuffo, titular do Departamento de Engenharia de Sistemas Eletrônicos da Poli-USP, afirma que o Brasil é campeão de tecnologia de segurança. Por isso acredita que novos  avanços tecnológicos surgirão para garantir ainda mais a segurança das transações feitas pelo e-commerce.

Veja também

ver mais de "compras na internet"

Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar