Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Esqueceu de usar camisinha na folia? Saiba como agir e evitar riscos

Número de cados de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) aumentam neste período

Compartilhe

Não é segredo para ninguém que o Carnaval é sinônimo de samba, folia e, para muitos, pegação. Apesar das campanhas que reforçam a importância do sexo seguro e prevenção de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) nesta época do ano, há quem ainda esqueça de usar preservativo na hora do sexo casual. Informações do Uol.

 Se é o seu caso, saiba que agir rapidamente pode evitar complicações como HIV e gravidez indesejada. O primeiro passo é deixar qualquer tabu ou vergonha de lado e procurar ajuda.

Getty Images

Para combater infecções, busque, em uma unidade de saúde, o tratamento pós-exposição em até 72 horas —tempo que o vírus do HIV pode levar para ultrapassar a superfície dos genitais, vencer as defesas naturais do corpo e infectar a pessoa.

Medida disponível no SUS

 É possível conseguir a PEP (profilaxia pós-exposição), uma medida de prevenção de urgência à infecção pelo HIV, hepatites virais e outras ISTs, que consiste no uso de medicamentos para reduzir o risco de adquirir essas infecções, pelo SUS (Sistema Único de Saúde) Veja quais são as unidades que disponibilizam a PEP. 

De acordo com Ivone de Paula, gerente da área de prevenção do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, ligado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, é importante que a pessoa que está em dúvida tome os medicamentos antirretrovirais por 28 dias para evitar a sobrevivência e a multiplicação do vírus no organismo.

De acordo com Ivone de Paula, gerente da área de prevenção do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, ligado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, é importante que a pessoa que está em dúvida tome os medicamentos antirretrovirais por 28 dias para evitar a sobrevivência e a multiplicação do vírus no organismo. 

"Vale lembrar que a PEP não substitui o uso da camisinha e deve servir apenas como medida de emergência", aponta

 É importante que a pessoa que está em dúvida tome os medicamentos antirretrovirais por 28 dias para evitar a sobrevivência e a multiplicação do vírus no organismo. "Vale lembrar que a PEP não substitui o uso da camisinha e deve servir apenas como medida de emergência", aponta. O tratamento é recomendado para todos que tiveram uma relação sexual com penetração sem camisinha —ou na qual a camisinha tenha estourado— com alguém que possua um vírus como o HIV ou alguém que não se sabe se vive ou não com o vírus, assim como para.

vítimas de violência sexual (sexo não consentido). A técnica apenas não é indicada para quem já tem o vírus ou quando o contato com o vírus tenha ocorrido há mais de 72 horas.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar