Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Jovem que odeia academia emagrece 38kg com método pouco utilizado

O bambolê propicia que ela realize os exercícios em casa e da maneira como preferir.

Compartilhe

A jovem Izzie East, de 25 anos, é de York, na Inglaterra, e vai se casar com Nathan, de 31 anos, em maio de 2020. Foi no período do noivado, em setembro de 2016, que a britânica ganhou peso de modo desenfreado e atingiu os 95 kg. Ela contou ao The Sun os motivos que a levaram a querer emagrecer e destacou o método utilizado para atingir o peso ideal: um bambolê. As informações são do IG.

Izzie relata "odiar" praticar atividades físicas em academias e, por isso, precisou encontrar uma forma eficaz e satisfatória para emagrecer bem e com saúde. "Quando descobri o bambolê, foi perfeito", diz a jovem.

Isso porque o bambolê propicia que ela realize os exercícios em casa e da maneira como preferir. "Eu tenho alguns bambolês, mas o que uso todos os dias pesa 1,6 kg e eu faço todo o tipo de exercício com ele, até agachamentos, enquanto eu assisto televisão", ressalta.

A britânica declara sempre ter sido magra, mas começou a ganhar peso depois de ter conhecido seu noivo, Nathan. O casal constantemente se alimentava de junk foods e comia fora com frequência, e tudo isso aliado ao sedentarismo proporcionou que a jovem atingisse o sobrepeso.

"Ele [Nathan] pode comer, comer, e não engorda nada, e eu pensei que poderia fazer isso porque eu realmente não me importo com a minha aparência", afirma. A mudança de atitude surgiu após um check-up médico.

Izzie garante que não tinha nenhum problema com seu corpo e o futuro marido também não, uma vez que ela já estava acima do peso quando ele a pediu em casamento. Entretanto, a jovem enfatizou que não queria ser uma "noiva gorda" e, em seguida, recebeu uma ligação de seus médicos.

"Eles me disseram que eu estava acima do peso e que corria o risco de desenvolver a síndrome dos  ovários policísticos e que tinha gordura no fígado. Pouco tempo depois da consulta com os médicos, saí de férias e me senti constrangida", diz.

Em janeiro de 2017 a moça deu início à jornada para emagrecer e, como não queria ir a academias, precisou ter disciplina e foco para se manter no caminho rumo ao seu peso ideal e ao bem-estar.

Com exercícios em casa , praticados com o auxílio de vídeo aulas, e 20 a 30 minutos de treinos com o bambolê todos os dias, Izzie conta que em 10 meses já enxergou alterações positivas. "Não conseguia acreditar nos resultados, principalmente nas pernas e braços, porque não achava que isso os mudaria", salienta.

Em toda a jornada de emagrecimento, a britânica já eliminou 38 kg, e agora pesa 57 kg. "Isso me ajudou a tonificar minha barriga e a me livrar do excesso de pele que eu tinha. Um vestido de noiva que comprei em agosto caiu nos quadris quando o experimentei na semana passada, porque ainda estou perdendo peso", comemora a jovem.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar