Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mistério das pedras que formam o monumento de Stonehenge é desvendado

Pesquisadores usaram técnicas de raio-x para identificar a origem das sarsens, como são chamadas as rochas de até 30 toneladas usadas na construção do monumento

Compartilhe

Datado do período neolítico e localizado no sul da Inglaterra, o monumento Stonehenge intriga historiadores e arqueólogos com seus mistérios há séculos. Como ele foi construído? Qual era seu propósito? De onde vieram as rochas de arenito?

A novidade é que a última questão agora tem uma resposta. Uma nova pesquisa publicada na última quarta-feira (29), na revista científica Science Advances, analisou as famosas pedras gigantes, também conhecidas como sarsens, e descobriu que elas são originárias de West Woods, área localizada a 25 km de distância do monumento que está repleta de registros de atividades pré-históricas.

Pesquisadores descobrem a origem das rochas usadas na construção do monumento Stonehenge (Foto: Flickr/Freesally)

O autor do estudo, David Nash, professor de geografia física da Universidade de Brighton, contou à AFP que ele e sua equipe criaram uma nova técnica para analisar as rochas. Primeiro, eles usaram equipamentos de raio-x para averiguar a composição: elas são compostas por 99% de sílica, mas contêm vestígios de vários outros elementos. "Isso nos mostrou que a maior parte das rochas tem uma química similar, o que nos levou a identificar que estamos em busca de uma mesma fonte principal", disse Nash.

Em seguida, eles examinaram duas amostras obtidas durante trabalhos de restauração realizados em 1958. A técnica usada nesse processo é chamada de espectrometria de massa e, por meio dela, foi possível detectar uma maior variedade de elementos com maior precisão. Assim, o resultado foi comparado com 20 possíveis locais que têm sedimentos com a mesma composição. West Woods, no condado de Wiltshire, foi o que melhor se encaixou.

Pesquisadores descobrem a origem das rochas usadas na construção do monumento Stonehenge (Foto: Flickr/Freesally)

Embora cientistas afirmem que as rochas foram transportadas por terra, ainda não se sabe como a população da época conseguiu criar o monumento, já que os sarsens pesam até 30 toneladas. Seu significado também permanece um mistério. Porém, segundo Nash, Stonehenge é uma convergência de materiais trazidos de diferentes lugares. "Acho que uma sociedade muito organizada viveu lá", afirma.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar