Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Óleo de Coco: o alimento que reforça naturalmente sua imunidade

O estudo demonstrou que o ácido láurico, presente naturalmente no leite materno, tem no óleo de coco o único alimento que também contém a substância

Compartilhe

Um aspecto importante da alimentação do nosso dia a dia é a inclusão de alimentos que promovam saúde e previnam possíveis doenças causadas pela má nutrição, fungos e bactérias que, entre outros problemas, podem comprometer o nosso sistema imunológico. Neste sentido, o óleo de coco extravirgem, alimento funcional consagrado entre os consumidores, chefs e profissionais de nutrição, tanto para uso na estética como na gastronomia, desempenha papel essencial se incorporado na alimentação cotidiana, reforçando a imunidade, proporcionando disposição e bem-estar para o enfrentamento das atividades e do estresse do cotidiano.

 Num artigo de 2019, de autoria de Fabian M. Dayrit, Ph.D, da Universidade Ateneo de Manila e Mary Newport, MD, da Springhill Nematology da Flórida, EUA, os pesquisadores confirmaram o que se sabe há muitos anos, que o ácido láurico é um ácido graxo de cadeia média que compõe cerca de 50% do óleo de coco, monolaurina, um metabólito que é produzido naturalmente pelas enzimas do próprio corpo.

O estudo demonstrou que o ácido láurico, presente naturalmente no leite materno, tem no óleo de coco o único alimento que também contém a substância, possui propriedades antifúngicas, sendo benéfico inclusive para o combate à síndrome fungicida, o que contribui para o reforço do sistema imunológico. O consumo do óleo mostrou  ser eficaz para a melhora da imunidade.

O óleo de coco é um alimento rico em TCM (triglicerídeos de cadeia média) que fornece inúmeros benefícios para a saúde com efeitos metabólicos distintos. O TCM mais presente no óleo de coco é o ácido láurico (50,7% do total de ácidos graxos), seguido do ácido caprílico (8,2% do total de ácidos graxos) e ácido cáprico (6,4% do total de ácidos graxos). Dessa forma, o óleo de coco contém mais de 65% de TCM do seu total de gordura.

Para a Dra. Mariana Bechelli, nutricionista clínica funcional, de São Paulo, “o óleo de coco aliado à uma alimentação saudável e a prática regular de atividade física, tem função positiva na imunidade, por ser o óleo vegetal com maior quantidade de ácido láurico, com ações que combatem inúmeras infecções, como fungos e leveduras, favorecendo o sistema imunológico”.

 Formas de aplicação e dicas para consumo

O óleo de coco tem densidade energética considerável, e de acordo com a necessidade de cada um, a nutricionista destaca: “Divido a dose diária indicada (duas colheres), sempre no final da tarde em que há uma baixa da serotonina, quando dá aquela vontade de comer doce, um impulso para se alimentar e que tem uma resposta bem positiva ao paciente. Para quem for praticar atividade física, indico o uso de manhã, antes de correr, por exemplo, aproveitando a energia que vem produto. Na minha avaliação a melhor forma de consumo do óleo de coco extravirgem é prensado a frio, com selo de autenticidade e pureza, o que garante a qualidade”. Bechelli sinaliza ainda a melhor forma de consumo do óleo de coco, para aproveitar suas propriedades nutricionais e o melhor sensorial. Para ela a aplicação é mais eficaz se for in natura, sem aquecer adicionado a abacate com cacau, por exemplo, para temperar ou no café.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar