Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Personal trainer revela que ganhou 30 quilos para entender a obesidade

Antes de engordar, ele era do tipo que julgava quem estava acima do peso sem o menor pudo

Personal trainer revela que ganhou 30 quilos para entender a obesidade
|
Compartilhe

Para aqueles que são magrinhos e adoram malhar, às vezes é difícil entender por que algumas pessoas se deixam levar e acabam se tornando obesas. Aliás, não é raro ouvir comentários do tipo “Quanto relaxo... como é que fulano foi ficar desse tamanho?” ou ainda “Isso é pura preguiça e falta de força de vontade”. Contudo, para quem está do lado pesado da balança, a coisa não é tão simples assim.

Só quem está acima do peso e brigando para emagrecer conhece as dificuldades de entrar em forma, e os perrengues estão longe de ser apenas de ordem física. Assim, para compreender o processo, o personal trainer norte-americano Drew Manning decidiu embarcar em um experimento pessoal e descobrir do que é que seus clientes obesos tanto reclamavam.

De personal trainer a sedentário

Viciado em exercícios físicos, Drew resolveu engordar mais de 30 quilos e, depois, voltar a recuperar a boa forma para sentir na pele — no corpo e na alma! — o que os gordinhos sentem. Segundo revelou, antes de engordar, ele era do tipo que julgava quem estava acima do peso sem o menor pudor; ele estava convencido que aquele papo de que o excesso de quilos era coisa da genética ou de ossos pesados — quem nunca ouviu essa? — era pura bobagem.

Para Manning tudo isso não passava de desculpas que as pessoas usavam para justificar os quilinhos a mais. Ser magro e saudável, para ele, era uma questão de escolha. Assim, durante seis meses e com acompanhamento médico, o personal abandou a academia e começou a consumir um bocado de refrigerante, fast food e outras porcarias, vendo seu peso saltar de 87,5 quilos para 120.

Contudo, a transformação de Drew não foi apenas física, pois pessoas de seu convívio pessoal também perceberam mudanças que iam muito além das formas mais arredondadas. Conforme contou a esposa do personal, o homem que até então era superativo e confiante passou a se mostrar letárgico e menos cooperativo, sem falar na insegurança e baixa autoestima.

Transformação física e mental

Segundo Drew, ele nunca imaginou como o ganho de peso poderia afetar a sua vida. As consequências foram mais do que físicas e interferiram em seu relacionamento com a família e em sua autoconfiança. Além disso, o início da jornada de volta ao antigo peso não foi nada fácil.

Retornar à academia e não ser capaz de fazer os mesmo exercícios de antes foi humilhante, e Drew sofreu com crises de abstinência após abandonar os refrigerantes e a alimentação rica em açúcares e gordura. Ao final da experiência, Drew descobriu que perder peso não é apenas uma questão física, de botar o corpo para se mexer.

De acordo com ele, não se trata simplesmente de fazer dieta e seguir um regime de exercícios específicos. Boa parte do segredo do sucesso está enraizada em questões emocionais. O experimento ocorreu em 2011, e Drew documentou todo o processo através de um blog. Hoje, depois de engordar e brigar — mental e fisicamente — para voltar à antiga forma, Drew se sente muito mais apto para ajudar seus clientes gordinhos a alcançar seus objetivos na balança.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar