mais

Poeira do Deserto do Saara chega até a Amazônia

Descoberta foi feite pela Nasa em 2019 e se popularizou na internet durante as últimas semanas

Você sabia que a poeira do Deserto do Saara atravessa até 2.000 km e chega até a Floresta Amazônica? De acordo com um estudo da NASA divulgado em 2019, mas que ganhou repercussão nas últimas semanas, os pequenos grãos de areia são levados pelo vento e, literalmente, fazem uma verdadeira volta ao mundo.

O estudo é da Goddard Space Fight Center, que identificou a movimentação mineral pelo ar. De acordo com satélites, 27 milhões de toneladas de areia, que levam consigo cerca de 22 mil toneladas de fósforo, que contribui significativamente pela nutrição das imponentes árvores que estão no Norte do Brasil.

Imagem da terra. Crédito: NASA.Imagem da terra. Crédito: NASA.

A ponte área "Saara-Amazônia" feita pelo ar foi descoberta após uma década de estudo de profissionais brasileiros, americanos e alemães. Para isso foi utilizado um equipamento de ponta, que conta com verdadeiras "super câmeras" acopladas a satélites.

De acordo com os registro da Nasa, anualmente, 182 milhões de toneladas de poeira, ou 690 mil caminhões de areia, saem do Saara para as Américas do Sul e Central. Desse total, cerca de cerca de 105 mil caminhões caem na Bacia Amazônica com o fósforo necessário para deixar o solo rico em nutrientes.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail