Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Restaurante é multado por oferecer cardápio 'especial' a mulheres

Parece que algumas pessoas ainda não saíram daquele tempo em que as mulheres dependiam do pai ou marido.

Compartilhe
Google Whatsapp

Parece que algumas pessoas ainda não saíram daquele tempo em que as mulheres dependiam do pai ou marido para fazer qualquer coisa. Mesmo que hoje em dia a maioria das mulheres sejam financeiramente independentes dos homens, ainda há aqueles que insistem em não reconhecer isso. As informações são do Mega Curioso.

O dono do restaurante peruano La Rosa Nautica é um deles. Quando casais chegavam para jantar, os garçons entregava um cardápio azul aos homens e outro dourado às mulheres. Até aí, estranho, mas nada demais. O problema acontecia quando as mulheres abriam o menu e viam que estavam faltando os preços dos pratos. A ideia por trás disso era a de que essa seria uma oportunidade de as moças aproveitarem uma saída romântica sem precisar se preocupar com os custos. 

A atitude desagradou autoridades do país, como Liliana Cerrón, oficial do Instituto Nacional da Defesa da Competição Livre e Proteção da Propriedade Intelectual. Para ela, homens e mulheres devem ter acesso ao mesmo cardápio, pois “essas pequenas coisas podem parecer inofensivas, mas no fim do dia elas são a base de uma construção sexista que reforça as diferenças entre homens e mulheres.” 

Além de uma multa equivalente a US$ 62 mil, cerca de R$ 253 mil, o restaurante de classe alta terá que oferecer o mesmo cardápio a todos, treinar a equipe e fixar cartazes esclarecendo que nenhum tipo de discriminação é tolerado.

Vivendo no passado

Outro restaurante que costumava fazer a mesma coisa era o L’Orangerie, em Los Angeles, que dava a mulheres e homens cardápios brancos e verdes, respectivamente. O estabelecimento foi processado e aboliu a prática em 1980, ou seja, mais de 30 anos se passaram e ainda há quem ache a ideia boa. 

Infelizmente, o machismo das nossas sociedades pode estar escondido até nas coisas pequenas como esta. Tal atitude reforça conceitos de superioridade e discriminação e não deve mais ser aceita nos dias atuais nos quais tanto se luta por igualdade de gênero.


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto