Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Sete hábitos que matam os neurônios do nosso cérebro

Você sabia que alguns hábitos matam neurônios e que o estilo de vida tem um impacto direto na saúde mental? Conheça 7 hábitos que são potencialmente prejudiciais para o cérebro.

Slide 1 de 7
Compartilhe

O estresse

Você sabia que alguns hábitos matam neurônios e que o estilo de vida tem um impacto direto na saúde mental? Conheça 7 hábitos que são potencialmente prejudiciais para o cérebro.  Portanto, devemos cuidar dele. Uma vida saudável, que inclui hábitos saudáveis como relaxar, fazer exercícios, comer e dormir bem, pode nos ajudar a prevenir uma série de problemas, incluindo a morte neuronal.

O estresse é um dos principais hábitos que matam neurônios. O estresse é definido como uma sensação de tensão física e emocional. Consiste, por sua vez, em um mecanismo que é acionado quando uma pessoa se depara com situações que excedem seus recursos pessoais. 

Esse mecanismo, principalmente se durar por muito tempo (estresse crônico), pode matar neurônios, pois quando estamos estressados o corpo libera uma grande quantidade de cortisol (o hormônio do estresse). Esse hormônio é usado para desviar recursos para os processos biológicos necessários para enfrentar situações de urgência.

Mas o que acontece quando o corpo libera grandes quantidades de cortisol e faz isso por muito tempo? Os neurônios são deixados sem vigilância e o sistema imunológico fica enfraquecido.

Fonte: A mente é Maravilhosa/ Fotos: Pixabay

Slide 1 de 7
Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar