Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Tomar sol no períneo virou nova moda na internet; entenda

Não deve ser à toa que o períneo fica no lugar mais escondido no corpo humano.

Compartilhe
Google Whatsapp

Não deve ser à toa que o períneo fica no lugar mais escondido no corpo humano, onde é preciso fazer muita ginástica e perfomance para deixar que o sol o atinja. Bem, algumas pessoas estão sendo digitalmente influenciadas a fazerem o tal esforço. E, em uma posição que não parece exatamente confortável, elas têm posado para fotos enquanto tomam sol no períneo e na região anal. As informações são do UOL.

Tudo começou com um post da @metaphysicalmeagan, como a garota se intitula no Instagram. A influencer postou uma foto para seus 24 mil seguidores em que, com as pernas para cima e nua, "bronzeava" a região anal. Em sua descrição na rede social, Meagan se diz professora, praticante do tantra, uma sereia incorporada e superhumana, entre outras definições.

"Tomar sol no períneo é uma prática ancestral taoísta. Nessa crença, ele é chamado de portão da vida e da morte. É um portal por onde a energia entra e sai do corpo", ela diz e explica que aprendeu isso em estudos do Tantra e Taoísmo. Segundo ela, tomar sol na região dá força, energia e longevidade ao corpo físico, além de aumentar a criatividade e magnetismo e balancear a vida sexual. 

Ela conta que começou a praticar há alguns meses e com cinco minutos de sol no períneo por dia, se sente energizada por horas. "Não acredito em café, pego energias do sol." Ainda diz que tem dormido melhor. O principal conselho é que a prática seja feita de 30 segundos a no máximo 5 minutos por dia. A ideia, ela frisa, não é bronzear o ânus.

A foto foi parar no Twitter onde foi vista com um pouco menos de entusiasmo. Compartilhada num perfil, a foto de Meagan teve 20 mil retweets e quase 100 mil likes. Os comentários, sarcásticos, duvidam um pouco dos atritutos da prática citados por Megan.

"Eu não estou dizendo que tomar sol no traseiro não me faria feliz. Só não acho que deveríamos fazer marketing em cima disso", diz uma seguidora.


"Quero ver os estudos que comprovam isso. Sera que o grupo de controle sabe algo sobre 30 segundos de luz solar no ânus?", questiona um rapaz. Outro debocha: "No máximo cinco minutos. Não quero ter overdose de raios de sol no ânus e ascender para outro plano astral." 

Mas lógico que tem gente que consegue ver vantagens: "Deve ser um ótimo desinfetante", diz um deles. E quem se preocupa com os vizinhos: "Acho que fazer essa prática iria impactar meu relacionamento com meus vizinhos".


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se