Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Você é um comprador consciente? Saiba como não exagerar nas compras

A nutricionista Germana Costa, do Medplan, traz algumas orientações para evitar a impulsividade no momento de comprar

Compartilhe

Por causa isolamento social, muitas pessoas estão pedindo delivery. Outras, que não tem o serviço na sua região ou não ficam satisfeitas com a oferta reduzida de produtos, acabam indo ao mercado ou supermercado comprar o necessário para suprir as necessidades da casa no seu dia a dia.

Nos dois casos, é importante que o consumidor se prepare para não se exceder nas compras e estourar o orçamento, é o que afirma a nutricionista Germana Costa, do Medplan.

"Você já se perguntou qual tipo de consumidor você é? Se é uma pessoa consciente do que vai comprar, focado e econômico ou se é um gastador, que vai às compras por impulso? Às vezes se é um pouco dos dois, não é? É importante dar uma paradinha e refletir sobre isso, principalmente, agora que estamos em um período em que fazer economia é necessário por causa da situação imposta pelo perigo do coronavírus", afirma a especialista.

Reprodução

A nutricionista traz algumas orientações que podem ajudar a fazer compras mais consciente. Confira:

Faça uma listinha de compras: sem ela você pode comprar produtos que ainda tenha em casa, além de levar mais tempo e gastar mais dinheiro. Pode ocorrer também de você ficar iludido por promoções e acabar levando produtos sem necessidade. 

Estipule uma média de gasto: tão importante quanto a lista é estabelecer um valor máximo a ser gasto. Assim, você evita se deixar seduzir por produtos que não precisa.

Fazer compras com fome: seja por um delivery ou indo ao local, comprar com fome aumenta a possibilidade de comprar mais, além de cair na tentação de escolher alimentos mais calóricos, usando a desculpa da fome. Isso sem falar que aumenta seus gastos.

Pegar os produtos colocados à altura dos olhos: geralmente os produtos mais caros são colocados à altura dos olhos como estratégia de venda. Se quiser economizar, deixe a pressa de lado, olhe as prateleiras mais acima e mais abaixo e vai encontrar opções também boas e com custo menor.

E então, de qual grupo você quer fazer parte?


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar