Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Youtuber explica motivos de devolver filho autista adotado após 2 anos

Dona de um canal com mais de 716 mil seguidores, Myka Stauffer decidiu entregar criança.

Compartilhe

A youtuber Myka Stauffer causou revolta nas redes sociais após compartilhar um vídeo no qual ela e o marido revelam ter enviado para uma nova família um menino autista de quatro anos que eles adotaram há dois anos. Hoje aos 32 anos e dona de um canal com mais de 716 mil seguidores no YouTube, a influenciadora aparece em meio a lágrimas na gravação explicando que a criança tinha “demandas especiais” que eles não sabiam atender. As informações são da Revista Monet.

O envio da criança para outra residência foi noticiado há algumas semanas, mas Satuffer só se pronunciou publicamente agora, após ataques crescentes nas redes sociais.

“Com adoções internacionais, há informações desconhecidas e coisas que não ficam claras nas documentações”, afirma Stauffer no vídeo em que explica sua decisão. “Quando o Huxley chegou em casa havia demandas especiais que não tínhamos consciência e das quais não fomos informados”.

“Nos últimos anos, o Huxley esteve um vários terapeutas que tentaram o ajudar. Para nós, foi uma experiência de muito aprendizado, com coisas que nos deixaram tristes e chateados, porque nunca era o que gostaríamos de ouvir. Não queríamos estar nessa posição e tentamos oferecer todo o suporte… Nós realmente o amamos”.

Depois, ela completou: “Não há nenhum pedaço do Huxley que não amamos. Não houve um minuto com ele que não tentamos o nosso melhor e após múltiplos esforços, avaliações e profissionais consultados, concluímos que ele precisava de mais. Me sinto com uma mãe fracassada. Tipo, 500%. Então os comentários hostis só estão piorando a situação. Não diz respeito a mim, é a jornada dele e os últimos meses foram os mais difíceis, pior do que imaginei”.

Ela encerrou o vídeo dizendo que a criança está feliz, com uma nova família, com uma mãe que conta com formação médica e que pode ajudá-lo.

Myka e o marido são pais de quatro crianças biológicas: Kova, Jaka, Radley e Onyx. Após enviar o filho adotado para um nova casa, ela alterou o status de sua conta no Twitter para: “Me siga e acompanhe a minha vida com os meus quatro filhos”. As ações foram alvo de ataques enfáticos nas redes sociais e pedidos de seguidores para que os patrocinadores da youtuber deixem de apoiá-la.

“Ela realmente devolveu o filho porque ele não atendia às expectativas dela? Repulsiva. Sinto pena dessa criança”, escreveu uma pessoa no Twitter. “Imagine adotar uma criança na China, um órfão com necessidades especiais, e alguns anos depois enviá-lo para outra família”, criticou outra. “Estou deprimida com essa história, principalmente com ela se fazendo de vítima”, afirmou uma terceira. “Ela só tratou do assunto porque está correndo o risco de perder seus financiadores”, acusou mais alguém.



Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar