10 posições sexuais para ter orgasmos na rapidinha

A rapidinha pode ser inesquecível se for bem feita

Quem disse que você não pode ter muito prazer naquela hora em que o prazer é máximo mas o tempo é mínimo. 

A rapidinha pode ser inesquecível se for bem feita, então não perca essas dicas e aproveite.

Cruzamento Safado


Você se deita de costas sobre uma mesa, com o quadril bem na beirinha. Levanta as pernas num ângulo de 90 graus e pede ao seu querido que segure seus tornozelos. Ele a penetra e controla a intensidade dos movimentos cruzando e descruzando suas pernas, como se fossem uma tesoura abrindo e fechando.

Espaldar do céu


O gato senta na cadeira com um travesseiro sob os joelhos. Você se encaixa no colo dele. Inclina o corpo um pouco para trás, dobra os joelhos e coloca os tornozelos sobre os ombros dele, apoiando os pés no espaldar da cadeira. Ele segura seus quadris para guiar os movimentos de penetração. Você imprime o ritmo empurrando os pés contra o encosto da cadeira enquanto ele puxa seus quadris contra ele.

Três apoios


Ele a penetra na tradicional posição cachorrinho. Você ergue a perna esquerda para trás e depois inverte com a direita para não cansar. Você deverá conseguir uma penetração mais profunda e ainda ajudar seu amado a acessar o seu clitóris com facilidade. O movimento da perna para trás muda a posição do seu canal vaginal e aumenta a fricção do pênis em diferentes áreas e intensidades.

Ponte giratória


Em pé, de costas para ele, abra um pouco as pernas e curve-se para a frente, em direção aos pés, sem flexionar os joelhos. Deixe os braços relaxados ou apoie as mãos para permitir o balanço do corpo durante a penetração. Ele fica atrás, grudado em você e segura seus quadris.

Escada do prazer


Ele deve se apoiar num degrau com os pés juntos, de costas para a escada. Você encosta nele também de costas e se apoia em outro degrau, de forma a favorecer o encaixe, com as pernas afastadas. Junte as pernas (e ele afasta as dele) e incline a cabeça e o tronco para a frente. Agora peça para o bonitão controlar o movimento segurando seus quadris.

Tesoura Especial


Deitada na beira de uma mesa baixa, levante as pernas em ângulo reto. Deixe os pés na altura dos ombros do rapaz, em pé na sua frente. Ele segura você pelos tornozelos e abre suas pernas o suficiente para a penetração. Repetirá esse movimento de abre e fecha como uma tesoura enquanto o pênis vai e volta dentro de você.

O Guindaste


Em pé, de costas para ele, eleve um dos joelhos até a altura do peito e mantenha-o suspenso com a ajuda de uma mão enquanto ele a penetra. Você também pode apoiar o pé em um banquinho alto ou cadeira.

Bomba-relógio


Escolha uma superfície bem lisa e suficientemente alta para “bater” nos quadris dele (como a mesa da cozinha). Sente-se na ponta. Peça para ele ficar em pé na sua frente e então deite-se devagar, levantando as pernas ao mesmo tempo e dando um verdadeiro show de sedução. Coloque os tornozelos nos ombros do rapaz e convide-o a entrar.

Sétimo céu

 

Deite-se em um lugar com a altura certa para ele ficar de pé na sua frente (pode ser na mesa, no capô do carro…). Os quadris do gato devem ficar mais ou menos um palmo mais altos para que possa apoiar as pernas nos ombros dele e ser penetrada como na ilustração.

Rápido delírio


De pé, com as pernas entreabertas, incline o corpo para a frente e apoie as mãos nos joelhos. Ele entra por trás, o mais fundo que puder, puxando-a pela cintura de encontro ao púbis. Se ele se curvar um puco sobre você, melhor ainda.

Fonte: Com informações da Cosmopolitan