Conheça a posição sexual que pode te matar em 30 minutos

Engana-se quem pensa que o pior que pode acontecer é fraturar pênis

Problemas como torcicolo ou até uma fratura de pênis podem ocorrer quando o sexo foge um pouco do controle. Mas se engana quem pensa que para por aí. Dependendo da posição sexual, o ato pode ser até mesmo mortal!

Segundo reportagem do site "Daily Star", um dos problemas é quando a posição sexual escolhida não deixa o ar que acaba entrando na vagina sair. Apesar de raro, o ato pode causar uma embolia gasosa, que é quando o ar entra na corrente sanguínea e obstrui os vasos por conta de bolhas, podendo matar a mulher em até 30 minutos. 

Image title

A condição é letal em aproximadamente 30% dos casos – principalmente quando a pessoa já sofre com algum tipo de problema cardiopulmonar. Entretanto, é mais comum de ocorrer após procedimentos médicos como cesarianas, angiografia ou ventilação mecânica.

Os sintomas mais comuns são falta de ar, dor no peito, tontura, náusea e perda de consciência. O mais seguro é evitar soprar o ar diretamente na vagina durante o sexo oral, focando apenas na vulva.

Fratura no pênis

Já para os homens, o mais perigoso pode continuar sendo a fratura no pênis. Estudo feito pela Unicamp e PUC-Campinas, ambas no interior de São Paulo, e publicado no jornal "Advances in Urology", concluiu que a posição em que a mulher fica por cima  é a mais propensa a causar o problema para o homem.

Uma das explicações é que a mulher acaba usando todo o peso do corpo em cima do homem. Um movimento errado e o pior pode acontecer. A equipe de pesquisadores analisou 44 casos suspeitos de fratura de pênis. Os homens relataram ter ouvido um estalo, seguido de dor e inchaço. 

Uma masturbação mal feita é outra situação que pode levar a um pênis quebrado. Os homens precisam tomar cuidado com a força que colocam no movimento e também devem prestar atenção para não errar o ângulo durante o vai e vem.

Outra posição sexual que precisa de atenção redobrada é a de quatro. Apesar do homem estar controlando o próprio pênis, precisa colocar uma força a mais para realizar os movimentos, aumentando o risco de lesão. Em todos estes casos, se tiver algum problema, o melhor é não sentir vergonha e procurar, o quanto antes, atendimento médico.


Fonte: Com informações do IG