Ponto G masculino: onde fica, quais sensações e como estimular?

Sim, o homem também possui uma área que pode promover prazer.

Apesar de o pênis ser sempre considerado o centro das atenções na hora do sexo, outra região do corpo masculino pode (e merece) ser explorada e estimulada para que seja encontrado o ponto G do homem. Sim, o homem também possui uma área que pode promover grande prazer, mas nem todo mundo sabe onde fica e como tocar.

Onde fica o ponto G do homem?

O ponto G masculino estaria, segundo especialistas, na próstata, localizada na região entre o saco escrotal e o ânus, chamada de períneo. A área é considerada foco de grande prazer porque abriga uma grande quantidade de terminações nervosas e, claro, por causa da própria presença da próstata, que é muito sensível ao toque.

Urologistas afirmam que toda a região genital, do períneo e até partes do reto e uretra, possui grande sensibilidade e a próstata seria o ponto G porque, quando estimulada, geraria um orgasmo diferente, bem mais intenso do que o tradicional.

Como estimular o ponto G masculino

Para estimular o foco de excitação do homem, o indicado é tocar, massagear, lamber e pressionar levemente a região entre o saco escrotal e o ânus. Alguns especialistas, no entanto, afirmam que o ponto G do homem só pode garantir prazer se houver a introdução de um dedo ou vibrador no ânus.

Como para muitos homens o toque no ânus ou mesmo próximo ao bumbum pode ser um tabu, tentar encontrar o ponto G pode ser algo mais complexo, exigir calma e, claro, respeito às vontades do parceiro.

O ideal é que o homem esteja bastante relaxado e disposto a experimentar a carícia, sempre com a ajuda de um lubrificante íntimo que, além de facilitar o toque, evita possíveis dores e desconfortos.

Tocar os mamilos, pênis, saco escrotal, enfim, outras partes do homem ao mesmo tempo em que acaricia e estimula o períneo e a próstata pode ajudar bastante na excitação.

Estímulos e carícias no ânus, uma região sensível e repleta de terminações nervosas, pode sim ser algo excitante para o homem e, ao contrário do que muitos equivocadamente acreditam, não está relacionado à homossexualidade.

Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher
logomarca do portal meionorte..com