Veja 4 posições que só funcionam em filmes e você não deve repetir

Sexo pornográfico nem sempre é tão prazeroso quanto pode parecer

Atualmente, não é difícil encontrar um filme ou vídeo pornográfico na internet e de graça. A acessibilidade a esse tipo de conteúdo é muito grande. E mesmo que eles não reproduzam a realidade do nosso dia a dia , os atores e as atrizes pornô podem servir de exemplo para algumas pessoas.

O problema é que está aí um perigo, já que a maior parte do sexo pornográfico é feita de uma forma nada saudável e segura. Algumas produções, por exemplo, mostram as atrizes pornô se submetendo a sexo sem proteção.

Além do sexo não seguro, há também as posições especiais. “Acredito que comparar sexo pornográfico com sexo real é como comparar um corredor olímpico com uma pessoa que está correndo para entrar em forma”, explica em entrevista ao site Refinery 29 a atriz Chelsea Poe. “Há muita prática e construção de uma certa resistência para correr uma maratona, assim como para fazer uma cena de pornografia.”


Para alertar os leitores sobre quais posições e situações do sexo pornográfico não devem ser reproduzidas pelos parceiros da vida real, Chelsea e outros profissionais listaram quatro que não são nada legais de se fazer:

Estilo cachorrinho com uma perna levantada

O cachorrinho, que é quando um dos dois parceiro fica de quatro, pode ser uma delícia quando feito da forma tradicional, mas quando uma perna é colocada para frente, pode causar até incômodo na pessoa que está sendo penetrada. Os atores pornô só fazem isso para que seja possível visualizar melhor a penetração, não porque é gosto.

Posição missionário com o homem inclinado para trás

Christopher Zeischegg, um ator já aposentado, explica que os homens só ficam inclinado para trás durante o sexo pornográfico para expor mais a relação sexual. Quando se trata do sexo real não há porque ficar longe um do outro, o contato pode gerar mais prazer do que apenas a penetração.

Sexo anal sem lubrificação

O sexo anal, apesar de polêmico, chama atenção de muitos casais. Mas não se inspire nos casais dos filmes pornográficos que não usam lubrificante na hora da penetração anal. Diferentemente da vagina, o ânus não tem uma lubrificação natural – mesmo que nos filmes pornográficos pareça que ele tenha – e, sendo assim, a penetração é mais agressiva e pode machucar a região.

No colo, com pernas levantadas

Mais uma vez, as atrizes pornô e atores levantam as pernas apenas para ficarem melhor na câmera. Além disso, ficar com a perna para cima enquanto você está no colo do parceiro pode fazer com que a lubrificação natural da vagina seque mais rápido.

Fonte: Com informações do IG
logomarca do portal meionorte..com