mais

Companhia Equilíbrio estreia Alice no País das Maravilhas no dia 24

O clássico com várias releituras e adaptações vem despertando o imaginário e a curiosidade até os dias de hoje.

Companhia Equilíbrio estreia Alice no País das Maravilhas no dia 24
Espetáculo | Divulgação

Alice no País das Maravilhas baseado no livro de Lewis Carroll é mais uma adaptação que o teatro traz com alegria e irreverência. Dessa vez, é o piauiense Luís Carlos Vale que leva o texto para a arte cênica. A Companhia Ponto de Equilíbrio irá apresentar o espetáculo no dia 24 de novembro, às 18h, o Theatro 4 de Setembro.

Companhia Equilíbrio estreia Alice no País das Maravilhas no dia 24 - Imagem 1

A história de Alice no País das Maravilhas originou-se em 1862, em Londres na Inglaterra, mas somente em 1864 é apresentado o manuscrito chamado Alice’s Adventures Underground, ou As Aventuras de Alice Embaixo da Terra, em português. Mais tarde Carroll decidiu publicar o livro e mudou a versão original. A obra se tornou um grande sucesso, sendo traduzida para mais de 50 línguas.

O clássico com várias releituras e adaptações vem despertando o imaginário e a curiosidade até os dias de hoje. “O mais fascinante da história de Alice é que ela pode ser e significar o que quiser, um texto livre para debate, com várias interpretações, por isso seu encantamento desperta até hoje a curiosidade de crianças e adultos. Uma história atemporal, com seus conflitos de tempo e espaço, uma obra cheia de simbolismos, que estimula a imaginação e questiona os princípios da lógica do certo e errado”, diz Luís Carlos.

Partindo de um sonho, a curiosa menina Alice segue um Coelho de colete e relógio mergulhando sem pensar em sua toca, sendo projetada para um novo mundo cheio de cores e possibilidades. Nesse mundo de sonhos, Alice encontra seres fantásticos como a Lagarta, o Chapeleiro Maluco e a temida Rainha e muitos outros personagens encantadores. Alice no País das Maravilhas é uma viagem de ida e volta, mas como diz o personagem principal, você vai sentir saudades quando acordar.

Segundo Luis Carlos, que também assim a direção, com uma dramaturgia costurada nas linguagens do teatro, da dança e do circo, a montagem transporta o público para uma deliciosa descoberta e questionamentos de sua função no mundo de hoje. “Sem perder as características de seus personagens marcantes, desconstruímos e construímos um espetáculo para todos os públicos. Trazendo diversão para as crianças e alguns questionamentos internos para os adultos. Quem sou eu? Onde estamos? Onde quero chegar?”.

A produção conta com cenário de Rodrigo Anderson e Luís Carlos Vale. Iluminação de Rodrigo Anderson. E conta com o apoio das professoras do Espaço Artístico Ponto de Equilíbrio, Michelle Soussí, Jhussyelle Reis, Maria Miriam, Samya Kallyne, Diego Elói, Ana Lívia, Erika Rodrigues, Vanessa Quaresma e Ana Estrela.

Para que tudo fosse possível há uma união de forças e parcerias para a realização e participam não somente a Cia. Equilíbrio como também a Cia. Deslumbre, Cia. Enlevo e Circo Equilibrista.

O elenco é formado por Erika Rodrigues, Laura Leite, Jhussyelle Reis, Saymon Vitor, Maria Miram, Michelle Soussí, Jerson Costa, Vitor Cunha, Sâmeli Caires, Klivia Lopes, Brenda Pinheiro, Marcos Vinicius, Louise Leite. Todos eles são alunos do Espaço Artísticos Ponto de Equilibro. O espetáculo será reapresentado no Palácio da Música dia 18 de dezembro, às 18h. (Por Liliane Pedrosa)

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail