Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Destinos para bate-e-volta perfeito nos feriados e fins de semana

Das capitais ao interior, o Brasil tem inúmeras opções para curtir essas 24 horas de folga no meio da semana

Destinos para bate-e-volta perfeito nos feriados e fins de semana
Pirenópolis e o charme de seu centro histórico | Divulgação Embratur
Compartilhe
Google Whatsapp

Praia, cultura, história, gastronomia, cachoeiras, aventura. O Brasil tem destinos perfeitos para viagens de “bate-e-volta” em feriados e fins de semana. Para aproveitar as preciosas folgas, basta escolher um lugar a cerca de 100 quilômetros do ponto de partida - ou a até duas horinhas de voo - e 'partir para o abraço'.

Foi o que fez a jornalista Aline Tavares, 24 anos. Adepta de roteiros culturais e de natureza, a viajante, natural de Brasília, escolheu Pirenópolis (GO), a duas horas de estrada da capital da República, para descansar neste feriado. A cidade, classificada como conjunto arquitetônico, urbanístico, paisagístico e histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), mantém viva em casarões e construções antigas a história de Goiás, além de ser amplamente conhecida por seu vasto cardápio de cachoeiras.

O destino da vez é o estado vizinho do DF, mas a brasiliense já fez viagens de curta duração também para o litoral paulista, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. “Meu hobby é viajar. Gosto de fugir do óbvio e conhecer lugares inusitados, que me permitam experiências inéditas. A experiência que você adquire sozinha ou acompanhada conhecendo novos lugares é imensurável”, avalia a turista.

Além de Pirenópolis, os arredores da capital do Brasil são conhecidos por outras opções de ecoturismo, como o Parque Nacional da Chapada do Veadeiros, que possui mais de 120 cachoeiras catalogadas, e o Salto de Corumbá. Há, ainda, lugares para quem aprecia o turismo de aventura: é o caso da caverna Mambaí, dona de uma das maiores tirolesas do Brasil com 102 metros de altura e 320 metros de extensão, e da Vila Propício, com o segundo maior complexo de cavernas do Centro-Oeste, com mais de 50 cavernas e grutas.

As viagens de bate-e-volta são perfeitas para turistas e atrativos das capitais e do interior do Brasil. O Estado de Santa Catarina, por exemplo, é famoso pelo agito de praias como Florianópolis e Balneário Camboriú, mas tem destinos menos movimentados e de charme equivalente. É o caso da Praia do Rosa, que fica a cerca de uma hora e meia da capital. A serra catarinense é outra boa pedida, com paisagens formadas por florestas de araucárias, rios, cachoeiras, vales, campos de altitude e grandes cânions, além de vinícolas premiadas. As cidades de Urubici, Serra do Rio do Rastro e São Joaquim estão entre as estrelas do cenário.


Paisagens de Urubici, serra catarinense (Foto: Beto Garavello/MTur)

Ainda na região Sul, com trajetos de 90 a 120 quilômetros saindo da capital Porto Alegre, as cidades de São Francisco de Paula, conhecida pelo Lago São Bernardo, a Livraria Miragem e o Parque das Oito Cachoeiras; Três Coroas, uma imersão na religião Budista; e Nova Petrópolis, com destaque para o Labirinto Verde e o Parque Aldeia do Imigrante, são destinos certos para quem procura novidade. Mas a lista não para por aí.

Pertencente ao município de Itatiaia, no Rio de Janeiro, Penedo, a duas horas e meia de distância da capital, é considerada a principal colônia finlandesa no Brasil, o que pode ser comprovado pela cultura local e pela arquitetura das construções. Subindo para o Nordeste, a 80 km de Recife, Gravatá é um destino inusitado entre as atrações pernambucanas, tradicionalmente dominadas por roteiros de sol e praia. A cidade era, na verdade, uma fazenda que funcionava como hospedagem no meio do caminho entre Recife e cidades como Caruaru, Pesqueira e Arcoverde em meados de 1800. Hoje, abriga construções que levaram a cidade a ser chamada de Suíça Pernambucana.

Partindo de Fortaleza, Salvador ou Recife, há uma infinidade de viagens curtas para quem não dispensa os incríveis cenários “pé na areia” que o Nordeste tem de sobra. Porto de Galinhas (50 km de Recife), Tamandaré (109 km de Recife), Cabo de Santo Agostinho (37 km de Recife), Cumbuco (55 minutos do centro de Fortaleza), Imbassaí (90 km de Salvador) e Canoa Quebrada (163 km de Fortaleza) estão entre os destinos mais cobiçados.

Praia de Cumbuco, no Ceará (Foto: Jade Queiroz/Banco de Imagens MTur/Destinos)

DE BELEZAS EXÓTICAS À GASTRONOMIA - O Norte do Brasil tem passeios singularmente belos envolvendo praias, roteiros culturais e, de forma especial, a gastronomia da região. O tacacá do Pará está entre as motivações que valem a viagem. Para quem está em Manaus, a dica é visitar Novo Airão, município a 180 km da capital amazonense. Conhecido como a terra dos botos cor-de-rosa, é muito procurado também por quem quer curtir suas belas praias de areia branca. Outro hotspot de natureza está localizado a 50 km da capital Boa Vista – o Lago do Robertinho, um balneário de águas transparentes no meio do cerrado de Roraima.

Pequena e bucólica, a vila de Algodoal, no município de Maracanã, próximo a Belém, ainda preserva a cultura dos pescadores que começaram a habitar a ilha, construções de alvenaria típica dos ribeirinhos. Já na margem esquerda do Rio Amazonas, banhada pelo rio Gurupatuba, Monte Alegre se destaca pelo potencial arqueológico que possui com arte rupestre de mais de 10 mil anos.

Tacacá, iguaria regional é estrela da gastronomia paraense (Foto: Bruna Brandão/Banco de imagens MTur Destinos)

VAI DE PONTE AÉREA? - Destino mais visitado do Brasil, São Paulo possui uma infinidade de opções para quem mora perto e quer sair completamente da rotina agitada vivida na maior metrópole da América do Sul. Para quem não mora tão perto assim, a notícia também é boa: diversas cidades brasileiras têm voos com menos de duas horas de duração até a capital paulista . Do vasto litoral – formado por cidades como Ubatuba, Bertioga, Maresias e Ilhabela – a roteiros gastronômicos, culturais e religiosos, a cidade é uma referência do turismo nacional.

A 30 minutos da capital, Embu das Artes é um dos destinos para um bate-e-volta no estado. Além das muitas lojas e feiras artesanais, há uma programação intensa de dança, teatro, música e poesia. Também entram na lista: Paranapiacaba, uma mistura de patrimônio histórico com cachoeiras e trilhas; Brotas, a cidade da aventura; São Roque, que reúne excelentes restaurantes e vinícolas; Águas de São Pedro, com estâncias e águas famosas por suas propriedades terapêuticas; e Aparecida, um dos complexos religiosos mais importantes do país para os católicos.

Na mesma linha, o Rio de Janeiro tem um belo exemplar de “Caribe brasileiro” em Arraial do Cabo, além de Cabo Frio, Angra dos Reis e Búzios, destinos ideais para quem quer investir nos roteiros de sol e praia. Também a cidade de Rio Bonito, a 80 km da capital, é perfeita para uma viagem rápida. Contornada pela Serra do Sambê, o município possui uma rampa para voo livre de asa-delta, considerada pelos amantes do esporte a segunda melhor do estado. A pista é construída em forma de leque, o que possibilita pegar os melhores ventos sudoestes favoráveis na decolagem. (Por Cecília Melo/Do MTur)


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×