Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Escola de Dança estreia o espetáculo Maria Bonita

Espetáculo será apresentado nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, às 17h e 19h, no Theatro 4 de Setembro.

Escola de Dança estreia o espetáculo Maria Bonita
Ensaios | Divulgação
Compartilhe

É da Caatinga que vem a fonte de inspiração para o mais novo espetáculo da Escola Estadual de Dança Lenir Argento. Trata-se de ‘Maria Bonita’, um espetáculo vivo e quente, como está definido em sua sinopse. Ele estará em cartaz nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, às 17h e 19h, no Theatro 4 de Setembro.

Inspirado na história do sertão nordestino, o espetáculo traz toda ancestralidade presente nas mulheres lembradas através de Luzia (fóssil humano mais antigo encontrado na América do Sul) e Esperança Garcia.

Foi na resistência que se buscou o caminho para dar vida a esta produção que remete em parte a própria imagem do Nordeste com toda a sua força e personagens que marcam sua história.

A proposta é trabalhar na dança uma imagem viva, repleta de poesia, singularidades e peculiaridades de mulheres do Sertão Nordestino em experiências reais de coragem, sofrimento, alegria e bravura. ‘Maria Bonita’ convida o público a invadir a Caatinga piauiense e investigar a força da mulher nordestina.

São teresinenses, piauienses e nordestinas, cujos papéis sociais e culturais contribuíram para um Nordeste mais forte. São muitas personagens que inspiram através de suas histórias. “É a imagem viva da mulher cangaceira, que quebra padrões, guerreira, de uma personalidade forte e intrigante. É a vivacidade e energia dançante das Catirinas, a força das Rainhas Caipiras, e a engenhosidade das Maria Fulô. É deixar o boi fluir pelos pés. É sentir a dança popular nas veias nordestinas e se deixar levar”, destaca Datan Izaká, que assina a concepção do espetáculo.

Segundo ele, o projeto foi planejado, construindo-se uma Maria Bonita inspirada em mulheres que historicamente vêm ocupando papéis, travando lutas e mudando o mundo. “O espetáculo se constrói em meio a subjetividades inspiradas em referências femininas de sustentação da cultura piauiense. Quem são as Marias Bonitas que protagonizam essa história? Dessa vez, o cangaço e toda sua potencia é liderado por elas. Desde muito tempo atrás, várias mulheres vêm se tornando Marias Bonitas, imortalizadas através de seus feitos, sua coragem e energia. Energia aqui recuperada com o intuito de falar sobre o sertão a partir de outro ponto de vista”. (Por Liliane Pedrosa)


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar