A Vitrine Filmes divulga o cartaz oficial do único filme brasileiro selecionado para a competição oficial do Festival Internacional de Cinema de Roterdã, a Tiger Competition. “Madalena”, primeiro longa-metragem de ficção de Madiano Marcheti, terá sua exibição disponível a partir do dia 03 de fevereiro, apenas para a região da Holanda. Clélia Bessa, Joel Pizzini, Sérgio Pedrosa, Marcos Pieri, Beatriz Martins são os produtores do longa, que será distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes com previsão de estreia para o segundo semestre. A produção é da PóloFilme e da Raccord, em coprodução com Vira Lata e Terceira Margem.   

O filme tem como ponto de partida o corpo de Madalena, encontrado em uma plantação de soja. Na sequência a trama acompanha a história de três jovens - Luziane (Natália Mazarim), Bianca (Pamella Yule) e Cristiano (Rafael de Bona), que vivem contextos diferentes em uma mesma cidade. Embora não se conheçam, o espírito de Madalena que esvoaça sobre a cidade, torna-se um elo entre os três. O longa denuncia a violência constante do país que mais mata a população LGBTQIA+.  

"Por mais que a história parta de uma ausência, de uma morte, Madalena é um filme sobre vida, sobre resiliência e também sobre formas de resistência. A escolha da imagem para a criação do cartaz se pautou então no desejo de tentar transmitir algum sentimento de esperança”, comenta o diretor. 

Uma das atrizes do filme Pamella Yulle comenta que a participação no filme "foi uma experiência de muito aprendizado pessoal, de carinho com muitas das pessoas da equipe envolvida e de respeito, com minha pessoa e com minha comunidade trans, desde a seleção à finalização”. 

Image captionImage caption

“Madalena" foi rodado em Dourados, no Mato Grosso do Sul e contou com mais de 20 atores do Estado no elenco. O filme foi o único representante do Brasil no Festival de San Sebastian, na Espanha, na categoria Working in Progress, em 2019.

“Madalena” divulga cartaz oficial - Imagem 2