Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Emicida e Ivete Sangalo lançam "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa"

A canção, que marca a primeira colaboração entre o rapper paulista e a cantora baiana, também ganha clipe inspirado na história de milhares de mulheres de todo o Brasil

Emicida e Ivete Sangalo lançam "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa"
Capa | Divulgação
Compartilhe

"Eu sou o sonho dos meu pais, que eram os sonhos dos avós, que eram os sonhos dos meus ancestrais", canta Emicida em "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa", canção que chega aos ouvidos dos fãs nesta sexta-feira, 25 de setembro. Parceria inédita com Ivete Sangalo, o single é fruto de uma pesquisa realizada pela Natura, que mapeou os sonhos de mais de sete mil pessoas de todo o país.

"Sonhar é importante, mas em momentos de adversidade, como o que vivemos hoje, sonhar se torna fundamental. Os nossos sonhos devem servir como uma bússola", explica Emicida sobre a letra de "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa". A música aborda a necessidade de se ter esperança e de acreditar na construção de um futuro melhor e mais bonito. "É urgente enxergar o brilho nos olhos das pessoas que a gente ama. Ele que vai nos inspirar a ir pro front dispostos a vencer", comenta o rapper.

A canção ganha também clipe em animação com direção de Felipe Macedo e Cadu Macedo, enquanto o roteiro é assinado por Yasmin Thayná. O vídeo retrata o cotidiano de milhares de consultoras Natura em todo o Brasil. "Sonhar é um combustível que conduz nossas vidas, que costura os nossos planos", conta Ivete Sangalo. "Nos nossos sonhos, a gente pode tudo! Eu sou uma mulher que sonha diariamente e, quando percebo que parei de sonhar, eu vou em busca de novos planos e novos sonhos. É dessa maneira que eu sigo caminhando", completa a cantora.

Desenvolvido em colaboração com a Laboratório Fantasma, empresa de Emicida e Evandro Fióti, o projeto "Sonhos" é resultado de uma pesquisa feita com consultoras da Natura que mapeou os maiores sonhos, vontades e aspirações de mais de sete mil pessoas em todo o Brasil. "Poder acessar uma pesquisa ampla a respeito do sonho dessas pessoas para compor essa música foi incrível. Algumas palavras ficaram gravadas na minha cabeça e no meu coração. São sonhos muito parecidos com os meus sonhos. A maioria deles envolve a vontade de cuidar cada vez melhor da sua família, de fazer uma faculdade, de comprar um carro ou fazer uma viagem", explica Emicida sobre o processo de composição.

Para Ivete Sangalo que, em 2020 fechou uma parceria inédita com a Natura, a experiência de construir uma música com Emicida inspirada no desejo de milhares de mulheres foi "um sonho". "Eu falei para o Emicida: ‘bicho, tudo que você faz é tão lindo que a gente percebe quantas possibilidades de sonhar existem’. A Natura nos chamou para fazer um retrato, uma poesia, sobre a importância de cada um de nós na construção de um mundo mais bonito", explica a artista.

Para Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding, "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa" é uma canção que convida as pessoas a sonhar e a construir um mundo mais bonito. "As histórias e aspirações que serviram de inspiração para essa parceria são capazes de incentivar outras pessoas a transformarem suas próprias vidas e, como consequência, suas comunidades", finaliza.

"Trevo, Figuinha e Suor na Camisa"

Eu volto todo dia

Qui nem o sol,

Cortando o horizonte

Se cada aurora é uma chance

Agora é olho no lance

É tipo uma revanche no front

Então nesse momento

É meu talento

Pra ser a boa nova todo tempo

De longe como monges

Vou nos bondes onde

A fé torna as casas em templos!


Eu sou o sonho dos meus pais

Que eram sonhos dos avós

Que eram sonhos dos meus ancestrais

Vitória é sonho dos olhares

Que nos aguardam nos lares

Crendo que na volta somos mais


O lar é nesse abraço

Casa, detalhe

Onde plantamos paz

Se tem metade divide

Se tem o dobro convide

É assim que Deus vive nos mortais


É o primeiro diploma

A viagem

A nova porta que se abre

Da janela do carro o vento diz:

Esteja atento aos milagres


Eu joguei pro universo

Pedi um novo dia

Onde tudo se ajeita

E nossa colheita

É paz e alegria


Então eu vou no passo da formiga, faço figa, compro a briga, desde as antigas

Humilde no passinho de formiga, e o coração diz, siga!


Eu joguei pro universo

Vibração positiva

Trevo, figuinha e suor na camisa


Ficha técnica:

Clipe de "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa"

Direção: Felipe Macedo e Cadu Macedo

Roteiro: Yasmina Thayná

Ilustrações e concepts: Julio Zukerman

Cenários: Alexandre De Maio, Cecilia Marins, Uflavioo e Eve Jo

Animação: Cadu Macedo, Felipe Macedo e Julio Zukerman

Direção executiva: Evandro Fióti

Produção executiva: Raissa Fumagalli

Gerência de marketing: Felippe Guerra

Coordenação de marketing: Leonel de França

Música "Trevo, Figuinha e Suor na Camisa"

Voz: Emicida e Ivete Sangalo

Letra: Emicida

Música: Nave

Arranjo de base, programações, samples e baixo: Nave

Violão: Fejuca

Trombone tenor e baixo: Helio Zullu

Saxofone tenor: Fernando Sagawa

Arranjo de metais, trompete e flugelhorn: Henrique Manchuria

Mixagem: Mauricio Cersosimo

Masterização: Mauricio Gargel

Gravadora: Laboratório Fantasma

Direção executiva: Evandro Fióti

Produção executiva: Raissa Fumagalli



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar