Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

400 milhões de anos e com pulmão: descoberto peixe pré-histórico

O Isityumzi mlomomde vivia a cerca de 10 mil quilômetros de distância de uma espécie assemelhada anterior, em um ambiente de alta latitude

Compartilhe
Google Whatsapp

Um segundo peixe antigo com pulmão foi descoberto na África, acrescentando outra peça ao quebra-cabeça de formas de vida aquáticas em evolução há mais de 400 milhões de anos. O estudo a esse respeito foi publicado na revista “ PeerJ ”.

Leia também: Vídeo flagra PMs atirando de dentro de viatura durante racha

O novo gênero fóssil de peixe , Isityumzi mlomomde , foi encontrado a cerca de 10 mil quilômetros de uma espécie anterior descrita no Marrocos, e ele é interessante porque existia em um ambiente polar ou de alta latitude (70 graus sul) na época.

Segundo Alice Clement, pesquisadora da Universidade Flinders (Austrália), os restos fósseis “escassos”, incluindo placas dentárias e escamas, foram encontrados numa formação na costa oeste da África do Sul. “Esse material de peixe pulmonado é significativo por várias razões”, ressaltou ela.

“Em primeiro lugar, representa o único peixe pulmonado devoniano tardio conhecido no oeste de Gondwana (quando a América do Sul e a África eram um continente). Durante esse período, cerca de 372 a 359 milhões de anos atrás, a África do Sul estava situada próxima ao Polo Sul”, diz a pesquisadora.

“Em segundo lugar, os novos táxons da Formação Agrícola Waterloo parecem ter vivido em um ecossistema próspero, indicando que essa região não estava tão fria quanto as regiões polares de hoje.”

Períodos de escuridão

Segundo Clement, o animal ainda estaria sujeito a longos períodos de escuridão no inverno, muito diferentes dos habitats de água doce em que os peixes pulmonados vivem hoje. Atualmente, existem apenas seis espécies conhecidas de peixes pulmonados, vivendo na África, América do Sul e Austrália.

Leia também: Homem é preso após atirar seis vezes na madrasta durante discussão; assista

Isityumzi mlomomde significa “um dispositivo de boca comprida para esmagar” em isixhosa, uma das línguas oficiais da África do Sul.

Cerca de 100 tipos de peixes pulmonados primitivos ( Dipnoi ) evoluíram desde o início do período devoniano, mais de 410 milhões de anos atrás. Mais de 25 são originários da Austrália (Gondwana) e outros são conhecidos por viverem em águas tropicais e subtropicais temperadas da China e do Marrocos, no Hemisfério Norte.

Os peixes pulmonados são um grupo de peixes mais intimamente relacionado a todos os tetrápodes – todos os vertebrados terrestres, incluindo anfíbios, répteis, pássaros e mamíferos.

“Dessa forma, um peixe pulmonado está mais relacionado aos seres humanos do que a um peixe-dourado!”, afirmou Clement, que esteve envolvida em nomear outros três novos peixes pulmonados antigos.




Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar