Klara Castanho rompeu o silêncio para por fim aos boatos envolvendo o seu nome que se espalharam a partir da noite de sexta-feira, 24, quando Antonia Fontenelle expôs a história de uma atriz da Globo que entregou o filho à adoção, sem citar o nome de quem seria a artista, em vídeo para o seu canal no Youtube. Mesmo sem nomear Klara, os internautas associaram as pistas dadas por Antonia e identificaram que seria ex-atriz mirim.   

No vídeo, Antonia, que é pré-candidata a deputada federal pelo Rio de Janeiro, fez alarde sobre uma história que teria ouvido do colunista Leo Dias. 

Antônia Fontenelle é acusada de expor Klara Castanho (Foto: reprodução)Antônia Fontenelle é acusada de expor Klara Castanho (Foto: reprodução)


Neste sábado, 25, Klara pós fim aos boatos e revelou que engravidou após ser vítima de violência sexual e, posteriormente, entregou o bebê à adoção. Internautas passaram a criticar a atitude de Antonia que foi às redes para se defender e insinuar que a atriz cometeu um crime. "Eu gostaria de saber porque estão tão revoltadinhos comigo, me atacando por eu ter tido a coragem de mencionar uma história que ao meu ver é monstruosa, porém virou banal [...]", escreveu Antonia em post no seu Instagram.

O jornalista Leo Dias também publicou matéria sobre a violência sofrida por Klara, logo após a atriz divulgar a carta aberta. No texto, o colunista ressalta que algumas histórias são impactantes e causam perplexidade. "A decisão entre tornar público ou deixar em silêncio algumas pautas envolve mais do que a ética ou a fofoca, nos traz a oportunidade de repensar o sofrimento silenciado por mães, por vítimas de abuso e criança", escreveu.

Nas redes sociais, famosos e anônimos saíram em defesa de Klara Castanho. Muitos condenaram a atitude de Antônia e Leo Dias de expor a intimidade da atriz.