Cauã Reymond revela que já fumou maconha e defende legalização

Ator global também disse em entrevista que é a favor do aborto

Cauã Reymond, prestes a voltar à TV na minissérie "Dois Irmãos", abriu o jogo e falou sobre temas como religião, aborto e drogas em entrevista à revista "Marie Claire". Questionado se usou já usou algum tipo de entorpecente, o ator respondeu: "Já fumei maconha". Ele também falou se é a favor da legalização.

"Olha, esse assunto é complicado. Fico receoso de uma voz ignorante no tema como a minha tomar uma grande dimensão. Talvez o Brasil não esteja preparado, mas gosto do que aconteceu no Uruguai. Vejo a possibilidade da legalização da maconha – e não de outras drogas", declarou o galã, escalado para a próxima novela de Walcyr Carrasco.

Pai da pequena Sofia, fruto de seu casamento com Grazi Massafera, com quem mantém boa relação, Cauã disse que é a favor do aborto, mas ponderou. "Sim. Não de qualquer forma, cada caso é um caso. Assim como sou a favor do estudo da legalização da eutanásia. Se uma pessoa não quer estar aqui, deve ter o direito de fazer", explicou.

O artista também afirmou ser uma pessoa religiosa: "Rezo todos os dias. Sou católico de batismo. Vou à igreja em busca de silêncio. Vamos lá, vou falar: tanto politicamente quanto religiosamente estamos indo para um lugar de pouco respeito às diferenças. Acho isso extremamente perigoso. Não entendo uma religião que não respeita outra"


Cauã Reymond
Cauã Reymond




Fonte: Pure People
logomarca do portal meionorte..com