"Decisão pela expulsão de Marcos foi da emissora", diz delegada

Marcos foi depor na manhã desta quarta feira(12)

Após ouvir o depoimento do ex-BBB Marcos Harter, a delegada Viviane Pinto, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, no Rio, falou sobre o inquérito que apura o suposto crime de lesão corporal cometido pelo médico contra Emilly, que culminou com a expulsão dele do "BBB17".

"Quando a Polícia Civil tomou conhecimento de um possível delito de violência doméstica ocorrendo no interior do reality show, a diretora do departamento me ligou e nós analisamos brevemente os momentos e vimos sim que ali havia indícios do crime de lesão corporal praticados contra a participante Emilly. Por isso decidimos instaurar inquérito policial para apurar o crime de lesão corporal", disse.

"Na segunda, instauramos o inquérito e foram solicitadas câmeras e deixadas intimações para a Emilly e para o Marcos. Quero deixar claro que a decisão pela expulsão dele foi unilateral da emissora", disse a responsável pela investigação. A delegada disse ainda que a apuração está adiantada e os próximos passos serão as análises das imagens.

"Decisão pela expulsão de Marcos foi da emissora", diz delegada
"Decisão pela expulsão de Marcos foi da emissora", diz delegada


Fonte: Com informações da Uol