Giovanna Ewbank pede demissão da Globo: 'Não podia ser eu mesma'

Decisão foi tomada quando ela começou a se dedicar à adoção de Titi

Atriz de várias novelas, ex-apresentadora do “Vídeo Show” e mulher do ator Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank não faz mais parte do time de contratados da Globo.

Em entrevista à edição de abril da revista Estilo, ela falou sobre o seu desligamento da emissora. Segundo ela, a decisão foi tomada quando ela começou a se dedicar ao processo de adoção da filha Titi e aos projetos pessoais. “Na minha vida, sempre foi assim. Nunca sonhei ser atriz, ser apresentadora, ter um canal no YouTube. Vou deixando acontecer”, inicio.

“Não faço ideia do que possa vir a fazer daqui a um ano. Pode ser que tudo isso que está rolando agora fique para trás e eu descubra uma coisa completamente nova”, completa. Ela viajou para a África e lá conheceu Chissomo, sua filha adotiva, que ganhou um novo nome.

Agora, ela se chama Titi, e Gio contou como as duas se conheceram: “Já tinha visitado várias aldeias, conhecido centenas de crianças. Até que fui a um orfanato e quem abriu a porta foi a Chissomo. O que senti naquela hora não consigo explicar a ninguém até hoje”.

Ao sair de lá, ela ligou para Bruno e contou a novidade: “Amor, não sei o que você vai achar disso, mas conheci minha filha e não vou sair daqui sem ela”. “Até o final da viagem, voltei todos os dias ao abrigo para vê-la, saber mais de sua história”, se emociona.

“Retornei ao Brasil, comecei a fazer reportagens para o “Vídeo Show”, e o Bruno foi para o Malauí, conhecê-la. O processo de adoção durou um ano e meio. Foi um período massacrante para nós porque não podíamos contar nada para ninguém”, revela.

“Quando voltei para casa com a Titi, tirei um tempo para nós duas. Um tempo para absorver tudo de novo e de bom que estava acontecendo em nossa vida. Quando me senti preparada para voltar a trabalhar, decidi me focar no site e lançar o canal no YouTube”, explica.

“Mostrar as coisas de que gosto, os assuntos nos quais acredito. E fazer da minha maneira. Não podia ser eu mesma numa Rede Globo, que já tem um formato estabelecido. Não imaginava que o canal fosse alcançar 650 mil inscritos em seis meses”, comemora Giovanna.

“Procuro não criar expectativas com o que faço. Sempre trabalho com menos. Assim, se vier mais, fico feliz”, finaliza ela.


Giovanna Ewbank
Giovanna Ewbank


Fonte: TV Foco