Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Gugu pagou indenização para encerrar ação por abuso sexual de menino

Segundo apuração do jornalista Erlan Bastos, o DJ Leandro Kloppel Lo Frano pedia na ação R$ 10 milhões de indenização por abuso sexual quando tinha 14 anos de idade

Compartilhe

Segundo informações apuradas pelo jornalista Erlan Bastos, o apresentador Gugu Liberato, que morreu em novembro do ano passado, pagou indenização para encerrar uma ação em que era acusado de abuso sexual de um adolescente de 14 anos de idade, durante uma suruba gay regada a drogas e bebidas em sua casa.

De acordo com a apuração e levantamento do jornalista, o DJ Leandro Kloppel Lo Frano, pedia na ação R$ 10 milhões de indenização e Gugu teria pago um valor definido em acordo extrajudicial.

Leandro e Gugu juntos em piscina - Crédito: Reprodução/Erlan Bastos

“O que se pretende discutir aqui é o grau de prejudicialidade da ilicitude perpetrada pelo requerido (Gugu), que, usando do seu poder conquistado pela fama, corrompeu e aliciou o requerente (Leandro) enquanto o mesmo ainda tinha 14 anos anos de idade, gerando-lhe danos psicológicos irreparáveis”, reltam os advogados de acusação.

Em consequência do ato, foi extinto o processo de número 1049937-02.2013.8.26.0100, que tramitou sigilosamente durante quatro anos e que descreve uma situação de abuso sexual cometido por Gugu e por um empresário.

O jornalista Erlan Bastos destacou que no processo, que dispõe de mais de mil páginas, consta que Leandro começou a se relacionar com Gugu aos 14 anos e foi até os 23 anos.  No processo continha e-mails com conversas entre os dois, com desabafos e conversas intimas entre Gugu e Leandro. O processo cita ainda Marcelo Augusto, apontado como suposto namorado de Gugu.

Contudo, o jornalista Erlan Bastos ressalta que o processo foi extinto, porque houve um acordo extrajudicial, cujo valor não foi revelado e o caso só se tornou público porque envolve um menor de idade e nada tem haver com sexualidade do apresentador.

Bastos revelou ainda que Homero Salles, diretor e melhor amigo de Gugu, também é citado no processo queera da Record e SBT sabiam dessa história e encubariam a historia

Gugu e Leandro

Confira trechos do processo articulado com exclusividade por Erlan Bastos:Crédito:Reprodução/Erlan BastosCrédito:Reprodução/Erlan BastosCrédito:Reprodução/Erlan Bastos




Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar