Jonathan rebate Antônia Fontenelle após polêmica sobre pensão

Ex de Marcos Paulo está vivendo mais uma avalanche em sua vida

Antônia Fontenelle está vivendo mais uma avalanche em sua vida. Após a morte do diretor Marcos Paulo, Antônia vem tentando receber parte da herança que lhe cabe.

Porém, advogados de outra filha do ator estão tentando tirar essa parte da atriz e apresentadora.

Agora foi a vez da separação dela com Jonathan Costa estampar sites, revistas e jornais. Fontenelle deu uma entrevista para o jornalista Leo Dias onde dizia que ele quer pagar apenas R$ 1.600 mil, enquanto uma de suas babás ganha aproximadamente R$ 2.400 mil.

Jonathan usou o Instagram na tarde desta quinta-feira, 05, para rebater as afirmações feitas por Antônia. “Bom, estou passando aqui para de uma vez por todas acabar com todo e qualquer sensacionalismo envolvendo a minha relação com a minha ex mulher”, começou ele.

“Eu vivi e senti na pele o que é ter o divórcio dos meus pais estampado em revistas e jornais. Diante dessa experiência, hoje não desejo isso para ninguém, muito menos aos meus filhos. Se me mantenho calado é para preserva-los e poupa-los, essa é minha única preocupação, não quero que cresçam com a mesma experiência difícil que tive anos atras“, disse.

E finalizou relatando o valor que seria correto da pensão. “Busco hoje, legalizar e acertar todos os direitos que cabem ao meu filho, e em uma época de tantos desafetos, brigas e julgamentos, nada é mais importante do que amor e atenção que dou a eles, sem deixar de lado minha responsabilidade financeira em relação à pensão. Valor esse, que está sendo erroneamente divulgado, visto que hoje tenho um gasto mensal de R$9.000,00 para os meus filhos. Dessa quantia, existe um valor FIXO de R$4.500,00 depositado mensalmente para o Salvatore desde a separação. E, independente do valor acordado juridicamente, cabe a mim e a mãe do Salvatore, tomar a frente e resolver nossos assuntos. No que depender de mim, meus filhos sempre terão o melhor. Quero que eles cresçam com oportunidades iguais, mesmo com mães diferentes. Quanto à Antonia, nunca irei desrespeita-la, ela é a mãe do meu filho. Quero ter a mesma relação que hoje tenho com a mãe da Maithê, aprendi com o amadurecimento, que é muito importante pra eles crescerem com uma boa relação entre os pais. Enfim, tentam me pintar como um garoto de guerra, mas sou um homem de paz, sou Pai! Não acreditem em tudo que dizem por ai, toda história tem mais de um lado. Em tempos de guerra desejo paz, em tempo de ódio desejo amor.


Antônia Fontenelle
Antônia Fontenelle e Jonathan Costa


Fonte: TV Foco
logomarca do portal meionorte..com