A Justiça do Rio de Janeiro converteu, após uma Audiência de Custódia realizada hoje a tarde, a prisão em flagrante para preventiva contra o ator José Dumont, acusado de armazenar e consumir pornografia infantil. Ele também é acusado de ter estuprado um adolescente de 12 anos. 

Na decisão, o juiz Antônio Luiz da Fonseca Lucchese destacou que "a prisão se mostra necessária e proporcional devendo ser destacado que os fatos imputados ao custodiado são tipificados como crimes graves (...). Neste prisma, tudo indica que o restabelecimento da liberdade do custodiado gera ofensa à ordem pública".

José Dumont é preso suspeito de estupro e pedofilia (Foto: Reprodução) José Dumont é preso suspeito de estupro e pedofilia (Foto: Reprodução) Ainda na delegacia, a defesa solicitou o pagamento de uma fiança no valor de R$ 40 mil, porém foi negada, a prisão preventiva não tem prazo de duração para ser revogada. Também no documento da Justiça, o juiz destaca que foram encontrados cerca de 240 arquivos, entre imagens e vídeos, no computador de José Dumont, além de terem localizado uma transferência bancária para o adolescente de 12 anos com quem o artista é acusado de ter violentado. 

"Considerando que todas as imagens encontradas no celular e computador do indiciado se relacionam a crianças e adolescentes desnudas ou em prática de atos sexuais, o que revela que o custodiado já vem sendo investigado por tais práticas, considero que nenhuma das medidas cautelares são suficientes para garantir a ordem pública, ou a aplicação da lei penal", declarou o magistrado.

ATOR PODE TER FILMADO ESTUPRO

Segundo o Splash, os agentes informaram que ao encontrarem os conteúdos pornográficos, o ator chegou a alegar que o material era fruto de uma pesquisa para um futuro trabalho. Um dos vídeos encontrados estava na galeria do celular de José Dumont, o que leva a polícia a crer que o próprio possa tê-lo filmado estuprando um adolescente.

CARREIRA

José Dumont tem mais de 40 anos de carreira e reconhecimento nacional por trabalhos em filmes e novelas. Em 2021, o ator atuou na novela "Nos Tempos do Imperador", na TV Globo, onde interpretou o coronel Eudoro Mendes. A TV Globo informou a Splash que José Dumont era contratado por obra e foi retirado do projeto da novela "Todas as Flores", do Globoplay, em virtude "dos fatos noticiados".

Justiça mantém prisão do ator José Dumont por pedofilia e fiança é negada - Imagem 2

Ator José Dumont foi preso no Rio de Janeiro Foto: Paulo Belote Globo