Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Justin Bieber é acusado de agressão sexual e estupro por duas mulheres

Os crimes teriam sido cometidos em 2014 e 2015

Compartilhe

Duas mulheres estão acusando o cantor Justin Bieber de agressão sexual e estupro, que teriam ocorrido em 2014 e 2015. Os relatos foram publicados nas redes sociais na madrugada deste domingo, 21. As informações são da Revista Marie Claire.

Uma das supostas vítimas, que se identifica como Danielle, conta que ela e algumas amigas estavam em um evento de Scooter Braun (empresário de Bieber) em 9 de março de 2014, no Texas, quando o cantor apareceu de surpresa para cantar algumas músicas. “Um homem então se aproximou de mim e de minhas amigas e nos perguntou se gostaríamos de conhecer o Justin depois do show. É claro que dissemos que sim", lembra ela.

Danielle teria conversado por alguns minutos com o cantor e foi convidada a ir ao hotel no qual ele estava hospedado. Chegando lá, o duas amigas e dois amigos do cantor foram para um quarto. "Ele me levou para outro quarto", escreveu Danielle. "Justin me fez concordar em não dizer nada a ninguém, ou eu poderia ter sérios problemas legais", afirma.

Ela conta que na sequência o cantor começou a beijá-la. Ela afirma que no início retribuiu o beijo. Ela afirma que o cantor abriu seu jeans, puxou sua roupa íntima, e a jogou na cama. Neste momento ela teria pensado em Selena Gomez (namorado do cantor na época) e se ela estava realmente de acordo em manter relação sexual com o cantor. "Falei para ele que era melhor a gente parar e eu precisava encontrar minha amigas, e que me sentia culpada por Selena. Ele disse que estava tudo bem", diz. 

Danielle afirma ainda que neste momento o cantor tirou sua roupa e se deitou sobre ela. "Eu estava muito desconfortável, falei para ele parar porque eu estava preocupada com minhas amigas. Mas era tarde demais. Ele se forçou dentro de mim", alega.

"Não quero entrar em detalhes sobre o que aconteceu depois. Isso foi seis anos atrás, eu era um ano mais velha que ele (ele tinha 20 e eu 21). Eu fui abusada sexualmente sem consentimento".

Ela afirma que somente no ano passado conseguiu falar sobre o caso para amigos mais próximos e familiares. "É difícil, mas finalmente consigo contar minha história. Se você alguma vez foi vítima de abuso sexual, eu acredito em você. Você e sua história importam".

Danielle diz ainda ter feito terapia para conseguir lidar com o trauma. "Nunca é tarde demais para fazer isso".

Após a publicação do relato, outra suposta vítima, Kadi, publicou um texto afirmando que acredita em Danielle e contando sua própria experiência.

“No dia 4 de maio de 2015, fui conhecer e, possivelmente, tirar uma foto com Justin, como qualquer outro beliebers, quando ele está em Nova York. Desde a espera da noite até o início da manhã de 5 de maio de 2015, na cidade de Nova York, encontrei Mikey (guarda-costas de Justin) fora do hotel. Ele me achou atraente e me deu o número de telefone dele. Mais tarde, por volta das 2h30, fui convidado por Mikey Arana ao hotel de Bieber, onde havia cinco garotas, inclusive eu", conta. 

Segundo Kadi, ela se deu bem com Bieber depois que eles começaram a conversar em francês. “Ele me pediu para me aproximar, eu comecei a me aproximar e ele agarrou minha mão e me arrastou / me puxou até ele ... Fui ao banheiro e ele veio atrás de mim e trancou a porta que ficava à esquerda do quarto. Perguntei o que estava acontecendo - por que ele trancou a porta. Ele disse: 'Eu vou lhe contar'", afirma. 

“Ele começou a me beijar, tocando meu corpo e me acariciando. Pedi que ele parasse e continuei dizendo que não posso fazer sexo com ninguém antes do casamento (coisa cultural tradicional). Então Bieber começou a me empurrar para a cama e ter seu corpo contra o meu. Ele me prendeu, puxou minha roupa para baixo e sua bermuda e me penetrou", conta. "Eu empurrei ele e o chutei no meio das pernas e corri para fora do quarto".

"Eu contei para minha irmão que acomteceu e ela pediu que eu não falasse nada porque isso arruinaria a honra da minha família e eu nunca me casaria", disse. Ela afirma que também fez terapia para lidar com o suposto crime.

Até o momento Justin Bieber não se pronunciou sobre as acusações.

Bieber fala em relações abusivas

Em um desabafo nas redes sociais publicado em setembro do ano passado, o cantor falou sobre a pressão da fama e citou o uso de drogas pesadas e relacionamentos abusivos. Hoje aos 26 anos ele é casado com a modelo Hailey Baldwin.

Veja na íntegra:

“É difícil sair da cama de manhã com a atitude certa quando você está sobrecarregado com sua vida, seu passado, trabalho, responsabilidades, emoções, sua família, finanças e seus relacionamentos. Quando parece que é problema atrás de problema atrás de problema.

Você começa a prever o dia através de lentes do ‘medo’ e a antecipar outro dia ruim. Um ciclo de decepções atrás de decepções. Às vezes, chega até ao ponto em que você não quer mais viver. Onde você sente que isso nunca vai mudar. Eu posso me simpatizar com você totalmente. Eu não podia mudar meu modo de pensar.

Eu sou agraciado por ter pessoas em minha vida pessoas que me encorajam a continuar. Eu tenho muito dinheiro, roupas, carros, conquistas, prêmios e mesmo assim eu não me sentia realizado.

Você já notou que as estatísticas sobre pessoas que cresceram como artistas e o que aconteceu em suas vidas? Existe uma pressão insana e uma responsabilidade que são colocadas no cérebro, nas emoções e no lóbulo frontal (que toma decisões) delas que ainda não se desenvolveu.

Agir sem pensar, desafios, rebeldia, são coisas que todos nós passaremos. Mas quando você coloca essa pressão do estrelato, isso causa em você algo que é inexplicável. Eu não cresci em uma casa estável, meus pais estavam separados aos 18 anos, sem dinheiro, e continuavam sendo jovens e rebeldes. Enquanto meu talento progredia e eu me tornava ultra bem-sucedido, isso tudo aconteceu em dois anos. Meu mundo virou de ponta cabeça.

Eu fui de um garoto comum de 13 anos de uma cidade pequena para uma pessoa adorada por milhões dizendo que me amavam e que me achavam muito bom. Eu não sei você, mas humildade vem com a idade. Você ouve essas coisas quando é pequeno e começa a acreditar. Racionalidade vem com a idade, assim como o poder de decisão (um dos motivos para você não pode beber antes de completar 21 anos).

Todo mundo sempre fez tudo por mim, por isso eu nem cheguei a aprender os fundamentos da responsabilidade. Por isso, aos 18 anos eu não tinha habilidades para o mundo real, com milhões de dólares e acesso a tudo o que eu quisesse. Isso é um conceito muito assustador para qualquer um.

Aos 20 anos, eu fiz todas as piores decisões que você pode imaginar e fui de uma das pessoas mais amadas do mundo para uma das mais ridicularizadas, julgadas e odiadas.

Estar no palco, segundo estudos, é uma das maiores descargas de dopamina do que qualquer outra atividade pode dar. Então esses intensos altos e baixos são bem difíceis de lidar. Você nota que muitas bandas e pessoas encerram suas turnês passando por um período de abuso de drogas e eu acredito que é porque eles não conseguem lidar com esses altos e baixos que vêm com a carreira no entretenimento.

Eu comecei a usar drogas muito pesadas aos 19 anos e abusei de todos os meus relacionamentos. Eu me tornei rancoroso, desrespeitoso com mulheres e nervoso. Eu fiquei distante de todos que me amavam e estava me escondendo atrás da casca da pessoa que eu me tornei. Eu sentia que nunca poderia dar a volta por cima.

Levou anos para que eu superasse essas decisões ruins, consertasse relações destruídas e mudasse meus hábitos de relacionamento. Deus me abençoou com uma pessoa extraordinária, que me ama por mim. Agora eu estou navegando na melhor época da minha vida: Casamento.

É uma incrível nova responsabilidade. Você aprende a ter paciência, confiança, compromisso, humildade e carinho e tudo o que parece te fazer ser um bom homem. Tudo isso para dizer que se as chances estão contra você, continue lutando. Jesus te ama. Seja gentil hoje. Seja corajoso hoje e ame as pessoas hoje, não pelos seus padrões, mas pelo amor infalível de Deus”.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar