Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Marido de Caroline Bittencourt é indiciado por homicídio culposo

O caso passa agora às mãos do Ministério Público, que pode oferecer denúncia à Justiça. A promotoria ainda pode solicitar novas investigações à polícia ou arquivar o caso.

Compartilhe
Google Whatsapp

Nesta sexta-feira (16), a Polícia Civil concluiu o inquérito sobre a morte de  Caroline Bittencourt e indiciou o marido da modelo, Jorge Sestini, por homicídio culposo, ou seja, quando não há a intenção de matar. De acordo com nota emitida pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o documento foi relatado à Justiça pelo 1ºDP de São Sebastião.

Reprodução / InstagramJorge Sestini e Caroline Bittencourt

O caso passa agora às mãos do Ministério Público, que pode oferecer denúncia à Justiça. A promotoria ainda pode solicitar novas investigações à polícia ou arquivar o caso. 

No documento, o delegado Vanderlei Pagliarini, responsável pela investigação, entendeu que Jorge agiu de forma imprudente ao atravessar o canal entre São Sebastião e Ilhabela em um veículo frágil para navegar em más condições de tempo.  

O inquérito também reforçou que Jorge Sestini sabia da possibilidade de mau tempo. Em depoimento, o proprietário da marina de onde saiu a embarcação, entregou áudios em que comprovava que avisou o empresário sobre as condições climáticas.

A morte de Caroline Bittencourt

Carol morreu ao cair de uma embarcação durante um vendaval que atingiu o litoral norte de São Paulo, no dia 28 de abril. O corpo foi encontrado um dia depois do acidente. Segundo aponta o laudo do IML, ela morreu por asfixia mecânica por submersão em meio a líquido.

Se for condenado pela morte de Caroline Bittencourt , a pena por homicídio culposo é de um a três anos de detenção. O  inquérito concluído foi encaminhado ao Ministério Público para manifestação. Não há prazo para a próxima etapa do processo.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×