Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Paula Fernandes explica que vai congelar os óvulos

Solteira, sertaneja falou também sobre dificuldades em suas relações

Compartilhe
Google Whatsapp

Paula Fernandes foi entrevistada por Thais Fersoza para seu canal no YouTube. Solteira desde o fim do namoro com o empresário Gustavo Lyra, a cantora falou sobre a vontade de ter filhos. "Filhos são resultado de uma relação bem sucedida", opinou. Aos 34 anos, a sertaneja contou também para a atriz que pensa em congelar óvulos: "Vou fazer porque é necessário. É um conforto para a gente".

oto: Divulgação, Instagram / Paula Fernandes / PurePeople 

Cantora fala sobre vida amorosa

Paula disse ainda que consegue ser amiga dos ex-namorados, com exceção de um. "Só não consigo ser amiga de um, porque ali é um caso perdido. Ex não deixa de ser uma pessoa incrível, uma pessoa legal, tem uns que a gente tem afinidades e não vai deixar de ter. Convivo super de boa", afirmou. Sem citar nome, a mineira já afirmou que foi traída pelo dentista Henrique do Valle, de quem foi noiva e terminou o relacionamento em 2016, após 4 anos juntos. Em seguida, a artista negou ser ciumenta: "É complicado quando o namorado convive bem com a ex. Aí, causa aquele negócio na gente. Porque eu sei das minhas intenções, mas não sei as da dela".

Sertaneja se cobrava para ter namoros perfeito

No bate-papo, Paula relatou que já sofreu por amor. "Eu passei por tanta coisa, chega um momento que fica assim: 'tá, vamos com cautela'. Não existe relacionamento de porta-retrato, sei que vai ter briga. (...) O maior problema da minha vida foi buscar uma perfeição que não existe. Acabei sofrendo. Me cobrando demais, cobrando o outro. Sempre fui muito romântica e tinha hora que tinha que jogar mais juro. Cometi meus erros, confesso", declarou.

Paula Fernandes desabafa sobre infância

Durante a conversa, Paula destacou que precisou amadurecer rápido por que ter começado a carreira nova. "Nunca tive medo de chegar aos 30. Eu fui adulta desde tão cedo...", comentou. Questionada se teve infância, ela respondeu: "Eu não tive uma infância. Não tive tempo de brincar, eu troquei as bonecas pelo violão".

Mineira lembra passado na roça

Em outra ocasião, Paula lembrou da infância na roça. "Quando morava na roça, ficava 30, 40 dias sem ver ninguém. Ficava ali com os bichos e, para mim, era ótimo. Meu vizinho mais próximo era a muitos quilômetros. Isso, com certeza, influenciou muito nesse meu lado tímida - o que é até contraditório, porque me tornei artista, lido com milhares de pessoas, e no meu íntimo sou a pessoa mais tímida que conheço. E luto diariamente para lidar com isso", explicou a cantora, que desenvolveu um sério quadro de depressão, doença que já atingiu famosos brasileiros, na adolescência.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×