Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Retrospectiva: relembre os famosos que nos deixaram em 2018

Relembre quem vai deixar ainda mais saudades.

Retrospectiva: relembre os famosos que nos deixaram em 2018
catra | Reprodução
Compartilhe

Cantores, escritores, políticos, cientistas, atores, humoristas, cineastas e outras personalidades que marcaram a história nos deixaram em 2018. Relembre quem vai deixar ainda mais saudades no ano novo.

JANEIRO - Carlos Heitor Cony: o jornalista e escritor era membro da Academia Brasileira de Letras, autor de uma série de romances, contos, crônicas e ensaios. Nascido no Rio de Janeiro em 14 de março de 1926, Cony morreu no dia 5, aos 91 anos, por complicações após uma cirurgia no intestino.

\"
(Crédito: Divulgação)

MARÇO - Marielle Franco: a vereadora do Psol se tornou símbolo de luta da mulher negra após ser assassinada a tiros dentro de um carro na região central do Rio de Janeiro, no dia 14 de março. Além dela, o motorista do veículo, Anderson Pedro Gomes, foi baleado e também morreu. Até hoje, o crime não foi solucionado.

\"
(Crédito: Divulgação)

MARÇO - Stephen Hawking: considerada uma das mentes mais brilhantes da história da ciência, o físico britânico convivia há décadas com esclerose lateral amiotrófica, doença que paralisa os músculos do corpo, e morreu em casa, no dia 14, aos 76 anos.

\"
(Crédito: Divulgação)

MARÇO - Tônia Carrero: consagrada no teatro, cinema e televisão, a atriz de 95 anos sofreu uma parada cardíaca no dia 3, durante uma cirurgia, e não resistiu. Tônia atuou em 54 peças, 19 filmes e 15 novelas e vivia há mais de uma década reclusa, com dificuldades de fala e locomoção, consequências de hidrocefalia (excesso de líquido no cérebro).

\"
(Crédito: Divulgação)

ABRIL - Paul Singer: um dos fundadores do partido dos Trabalhadores (PT), o economista foi um dos precursores do conceito de economia solidária no Brasil. Ele morreu no dia 16, aos 86 anos, após uma infecção generalizada.

\"
(Crédito: Divulgação)

ABRIL - Dona Ivone Lara: a Grande Dama do Samba enfrentou o preconceito por ser mulher e sambista, e estourou nas paradas de sucesso com a canção 'Sonho meu'. Dona Ivone morreu no dia 16, aos 96 anos, por conta de um quadro de insuficiência cardiorrespiratória.

\"
(Crédito: Divulgação)

ABRIL - Nelson Pereira dos Santos: considerado um dos precursores do Cinema Novo, o diretor de 'Vidas Secas'foi também produtor, roteirista, montador, ator e professor, além de ocupar a cadeira número 7 da Academia Brasileira de Letras. Nelson morreu no dia 21, aos 89 anos, no Rio de Janeiro.

\"
(Crédito: Divulgação)

ABRIL - Agildo Ribeiro: o humorista estava com 86 anos e morreu em casa, no dia 28. Em seis décadas de carreira, Agildo foi responsável pela criação de vários personagens – alguns com bordões que ficaram famosos – e seu rosto se tornou um dos símbolos do humor no Brasil.

\"
(Crédito: Divulgação)

JUNHO - Joe Jackson: o pai do cantor Michael Jackson tinha câncer em estado terminal e morrreu aos 89 anos. Joe era empresário e criador do grupo The Jackson 5, que fez sucesso a partir da década de 1960 e revelou o astro da música pop mundial.

\"
(Crédito: Divulgação)

AGOSTO - Aretha Franklin: a rainha do soul morreu aos 76 anos, após lutar contra um câncer de pâncreas. Ao longo da carreira, Aretha recebeu 18 prêmios Grammy e esteve nas paradas de sucesso com diversos hits, além de ter sido a primeira mulher a entrar no Hall da Fama do Rock and Roll.

\"
(Crédito: Divulgação)

SETEMBRO - Ângela Maria: a rainha do rádio morreu aos 89 anos, em decorrência de um quadro de infecção. A artista se consagrou nas décadas de 1950 e 1960, tornando-se referência ao lado de Maysa, Nora Ney e Dolores Duran. Ao longo da carreira, gravou 114 discos e vendeu cerca de 60 milhões de exemplares.

\"\"

SETEMBRO - Beatriz Segall: em mais de 70 anos dedicados aos palcos e à TV, a atriz foi eternizada na teledramaturgia brasileira no papel de Odete Roitman, da novela Vale Tudo. Ela estava com 92 anos e morreu no dia 5, em São Paulo.

\"\"

SETEMBRO - Mr Catra: o funkeiro tratava um câncer no estômago e morreu no dia 9. Formado em Direito, nunca exerceu a profissão e, após iniciar a carreira em uma banda de rock, fez a fama no funk carioca. Também era conhecido por ter três esposas e 32 filhos.

\"\"

OUTUBRO - Gil Gomes: destaque na crônica policial, o jornalista e radialista tinha 78 anos e sofria de Mal de Parkinson há mais de uma década, morrendo em casa, no dia 16. Dono de uma voz potente, Gil iniciou a carreira jornalística aos 18 anos, como locutor esportivo. Em 1968, passou a cobrir temas policiais e, nos anos 1990, integrou a equipe do programa de TV 'Aqui Agora' .

\"
(Crédito: Divulgação)

NOVEMBRO - Stan Lee: roteirista e editor da Marvel Comics, o quadrinista foi criador de super-heróis como o Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, Demolidor, Homem de Ferro e Quarteto Fantástico. Stan Lee morreu no dia 12, aos 95 anos.

\"\"

DEZEMBRO - Mãe Stella de Oxóssi: a ialorixá morreu aos 93 anos, no hospital Incar, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo Baiano, com um quadro de infecção generalizada com foco urinário. Sacerdotisa desde 1976 do Ilê Axé Opó Afonjá, um dos terreiros mais tradicionais do Brasil, Mãe Stella ocupava a cadeira 33 (Poltrona Castro Alves) da Academia de Letras da Bahia (ALB). Foi a primeira vez que uma mãe de santo ocupou uma cadeira da entidade máxima da literatura baiana.

\"
(Crédito: Xando Pereira | Ag. A TARDE)

Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar