Sex tape de Kim Kardashian já rendeu US$ 100 milhões em dez anos

Acredita-se que Kim tenha recebido um valor de 5 milhões dólares

A sex tape protagonizada pela socialite Kim Kardashian e por seu ex-namorado Ray J foi vista por mais de 200 milhões de pessoas e rendeu 100 milhões de dólares em dez anos. Os números foram levantados em matéria do site TMZ.

Gravada em 2003, durante um período de férias da celebridade com o rapper no México, a gravação vazou na internet em 2007. Acredita-se que Kim tenha recebido um valor em torno de 5 milhões de dólares para vender sua imagem e o conteúdo da gravação para um estúdio de produções pornô.

Ainda segundo o TMZ, a cada 1,5 segundos alguém tem acesso à gravação. A publicação também afirma ao longo dos últimos 10 anos há momentos de grande repercussão, no qual o vídeo é ainda mais procurado - como o casamento e o divórcio de Kim de Kris Humphris, o início de seu namoro com Kanye West e o recente assalto a mão armada sofrido por ela em Paris.

Recentemente um repórter do jornal New York Post tornou pública uma série de informações tratando do instante em que Kim soube que o vídeo havia vazado. “Quando contaram ela começou a chorar e ficava soluçando enquanto repetia que não era ela. Ela negava e chorava ao mesmo tempo. Então ela foi procurada pela produtora interessada nos direitos e na distribuição do vídeo, quando ela soube dos valores ficou calma e começou a conversar normalmente”, revelou a fonte do repórter.


Kim kardashian e seu ex, Ray J
Kim kardashian e seu ex, Ray J


Kanye West e Kim Kardashian
Kanye West e Kim Kardashian



Fonte: Revista Monet