Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Simone lembra quando foi pra cima de mulher que paquerou seu marido

Cantora revelou ainda que já ficou com fãs e brincou: "Se eu estivesse solteira, caçava a melhor desta e ia "rapá". E ainda iria com Anitta"

Compartilhe

Simone, da dupla com Simaria, respondeu a algumas perguntas de fãs em um vídeo novo em seu canal no YouTube. Casada com Kaká Diniz há sete anos, com quem tem um filho, Henry, de 5, a cantora garantiu que não é ciumenta, mas lembrou quando foi "pra cima" de uma mulher que paquerou seu marido. As informações são da Quem.

"Sou tranquila, mas se eu ver que a marreta está caindo do cabo, rodo a baiana. Quando eu estava grávida de uns 5 meses do Henry, Kaká estava sentado ao lado do palco assistinddo ao meu show e uma mulher não parava de chamá-lo. Ela, não satisfeita que Kaká não olhava, subiu no palco e foi pra cima dele. Ela não queria só dar 'oi', ela estava paquerando ele. Quando ela foi na direção dele, eu estava cantando, tirei o microfone e fui pra cima dela. Meu segurança foi junto. Eu disse 'desce, sua rapariga, agora'. O segurança tirou ela", relatou.

Simone também deu alguns conselhos matrimoniais aos fãs e contou que já fez um curso de casal.

"As pessoas estudam pra tudo, pra ser médico, pra ser advogado, mas casamento o povo só entra e vai, no dia a dia, vendo no que vai dar. Mas hoje em dia tem cursos maravilhosos para relacionamento que dão uma direção legal. Se eu não tivesse feito esses cursos lá atrás, quando casei com Kaká, a gente não estaria junto hoje", declarou.

A cantora ainda recordou a época de solteira e revelou que já beijou fãs. "Se fosse bonito, mandava pegar lá embaixo [na plateia]. Levava pra tal lugar, ninguém via nada. Mas me apaixonar não", disse ela, que ainda brincou:

"Se eu tivesse solteira no Carnaval de Salvador, ou de Recife, ou de qualquer lugar bom, eu  caçava a melhor festa e ia 'rapá'. E ainda iria com a Anitta. Eu e ela. Nós duas, amiga. Não ia prestar".


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar